Vídeos

O que ver no Festival do Rio 2018

O Festival do Rio vai exibir 200 filmes de mais de 60 países, espalhados em cerca de 20 locais de exibição pela cidade do Rio de Janeiro. Aqui você encontra dicas de alguns filmes promissores para assistir no evento deste ano, que acontece de 01 a 11 de novembro.

Este ano, o Festival está acontecendo mais tarde do que o normal. Foi difícil e, por pouco, quase não aconteceu. Por isso, se puder, tire um tempo e vá assistir aos filmes do Festival do Rio! Prestigie um dos eventos mais legais da cidade, para que possamos continuar a prestigiá-lo por muitos anos ainda. Sempre vale a pena.

Baixe a programação e leve com você: Revista do Festival do Rio


3 FACES – Jafar Panahi

Nos papéis de si mesmos, o diretor Jafar Panahi e a popular atriz iraniana Behnaz Jafari viajam de carro até uma região rural no Irã, na tentativa de socorrer uma jovem proibida, pela família e pelas autoridades locais, de estudar em um conservatório de teatro na capital Teerã. A hospitalidade local, contudo, dura pouco à medida que os habitantes mostram-se excessivamente apegados às antigas tradições. Prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes 2018. – Sessões no Festival




O ANJO – Luis Ortega

Buenos Aires, 1971. Carlitos é um jovem que, aos 17 anos, descobre sua vocação – ser ladrão. Quando conhece Ramón em sua nova escola, é imediatamente atraído por ele. Juntos, os dois embarcarão em uma jornada de descobertas, amor e crime, até Carlitos ser finalmente preso. Retrato ficcional do verdadeiro Carlos Robledo Puch, serial killer conhecido como Anjo da Morte e prisioneiro mais antigo da história da Argentina. Duas indicações no Festival de Cannes 2018: Queer Palm e Un Certain Regard Award. Com Lorenzo Ferro, Chino Darín e Mercedes Morán. – Sessões no Festival




A PÉ ELE NÃO VAI LONGE – Gus Van Sant

Quando o preguiçoso John Callahan, de Portland, quase perde a vida em um acidente de carro, a última coisa que quer é parar de beber. Mas quando finalmente aceita fazer um tratamento – com a ajuda de sua namorada e um simpático padrinho –, ele descobre o dom de criar irreverentes tirinhas de jornal, que acabam lhe dando fama internacional e uma esperança na vida. Adaptado da autobiografia de John Callahan. Exibido na Competição Oficial do Festival de Berlim 2018, com estreia mundial no Festival de Sundance. Com Joaquin Phoenix, Jack Black, Jonah Hill e Rooney Mara. – Sessões no Festival




ASSUNTO DE FAMÍLIA – Hirokazu Kore-eda

Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes 2018. Após mais uma jornada rotineira de furtos em lojas, Osamu e seu filho cruzam com uma menina sofrendo sob o frio congelante. A princípio relutante em abrigar a garota, a mulher de Osamu decide cuidar dela depois de conhecer as desgraças que a menina havia enfrentado. Apesar de se tratar de uma família pobre, que tira seu sustento do pouco dinheiro conseguido com pequenos crimes, todos parecem felizes, até que um incidente inesperado revela segredos escondidos e põe à prova seus laços de união. Com Kirin Kiki, Lily Franky e Sousuke Ikematsu. – Sessões no Festival




CAFARNAUM – Nadine Labaki

Vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Cinema de Cannes, o filme conta a história de Zain, menino libanês que processa os pais pelo “crime” de lhe dar a vida. O menino corajoso e despachado tem rotina dura. Foge de seus pais abusivos e negligentes, sobrevive graças à sua esperteza nas ruas, cuida da refugiada etíope Rahil e seu bebê Yonas, é preso por um crime violento e, finalmente, procura justiça no tribunal. No elenco, não-atores que interpretam vidas parecidas com as suas. – Sessões no Festival




O CARAVAGGIO ROUBADO – Roberto Andò

Valeria, jovem secretária de um produtor de cinema, leva uma vida isolada e escreve scripts anônimos para um roteirista de sucesso, Alessandro Pes. Um dia ela é abordada por um misterioso policial aposentado que conta a história de um crime. Quando vai para casa, usa o que ouviu para escrever o próximo roteiro de Alessandro Pes. A nova trama é perigosa: trata-se, na verdade, do misterioso roubo de uma famosa pintura de Caravaggio, realizado pela máfia siciliana em 1969. Festival de Veneza. Com Micaela Ramazzotti, Renato Carpentieri, Laura Morante, Alessandro Gassmann e Jerzy Skolimowski. – Sessões no Festival




CARVANA – Lulu Corrêa

Exímio contador de histórias e dono de voz inconfundível, Hugo Carvana (1937-2014) narra sua própria trajetória de 60 anos de carreira através de entrevistas feitas desde a década de 1970. Entre seus relatos e antigas cenas de cinema, ganham a tela os tempos de estudante de teatro e figurante de chanchadas, a marcante presença como ator no Cinema Novo, as comédias e sua militância política na história do país. – Sessões no Festival




A CASA QUE JACK CONSTRUIU – Lars von Trier

Um dia, durante um encontro na estrada, o arquiteto Jack assassina uma mulher. Este evento provoca um prazer inesperado nele, que passa a matar dezenas de pessoas ao longo de doze anos. Diante do descaso das autoridades e da indiferença dos habitantes locais, ele não encontra dificuldade em planejar seus crimes, executá-los e guardar os cadáveres num grande frigorífico. Mais tarde, ele compartilha seus casos mais marcantes com o sábio Virgílio, numa “jornada rumo ao Inferno”. Com Matt Dillon, Bruno Ganz e Uma Thurman. – Sessões no Festival




EM CHAMAS – Lee Chang-dong

O suspense conta a história de Jong-su, um entregador que está trabalhando quando encontra com Hae-mi, garota da vizinhança que pergunta se ele cuidaria de seu gato enquanto ela viaja para a África. Quando retorna, Hae-mi apresenta para Jong-su um jovem enigmático chamado Ben, que conheceu durante a viagem. Um belo dia, Ben conta para Jong-su sobre o seu mais estranho passatempo e isso gera situações estranhas. Baseado no conto Queimar Celeiros, do escritor japonês Haruki Murakami. Vencedor do prêmio da crítica no Festival de Cannes de 2018 com a nota mais alta da história. Com Ah-in Yoo, Steven Yeun e Jong-seo Jun. – Sessões no Festival




O GRANDE CIRCO MÍSTICO – Carlos Diegues

A história de cinco gerações da família dona de um circo. Desde a inauguração do Grande Circo Místico, em 1910, até os dias atuais, o filme acompanha, com a ajuda de Celaví, o mestre de cerimônias, as aventuras e os amores da família Kieps, desde o início, passando por sua decadência, até o surpreendente final. Um filme em que realidade e fantasia se juntam em um universo místico. Com Jesuíta Barbosa, Bruna Linzmeyer, Vincent Cassel, Mariana Ximenes e Marina Provenzzano. – Sessão de Encerramento no Festival




INFILTRADO NA KLAN – Spike Lee

Nos anos 1970, Ron Stallworth é o primeiro detetive afro-americano a servir no Departamento de Polícia de Colorado Springs, que assume uma missão perigosa: se infiltrar e expor a Ku Klux Klan. Stallworth se une a um colega mais experiente, Flip Zimmerman, para juntos derrubarem a organização que está semeando o ódio pelo país. Produzido pela equipe de Corra!, vencedor do Oscar de melhor roteiro original em 2018. O filme é baseado numa história real. Vencedor do Grand Prix do Festival de Cannes. Com John David Washington, Adam Driver e Laura Harrier. – Sessões no Festival




NO PORTAL DA ETERNIDADE – Julian Schnabel

Willem Dafoe fazendo Van Gogh! Você sabe que quer ver este filme! Nas aldeias de Arles e Auvers-sur-Oise, onde se refugiou para escapar das pressões de Paris, o pintor Vincent Van Gogh é tratado gentilmente por alguns e brutalmente por outros. Madame Ginoux, proprietária do restaurante local, tem pena de sua pobreza e lhe dá um livro de contabilidade, que ele preenche com desenhos. Seu amigo e artista, Paul Gauguin, após uma convivência intensa, se afasta. Seu amado irmão e negociante de arte, Theo, é inabalável em seu apoio, mas nunca consegue vender uma única pintura de Van Gogh. Premiado no Festival de Veneza. Com Willem Dafoe, Rupert Friend, Oscar Isaac, Mads Mikkelsen, Mathieu Amalric, Emmanuelle Seigner e Niels Arestrup. – Sessões no Festival




O ÓDIO QUE VOCÊ SEMEIA – George Tillman Jr.

Starr Carter está entre dois mundos: a vizinhança pobre, principalmente negra, onde mora, e a escola rica, quase toda branca, que frequenta. O equilíbrio entre esses mundos é quebrado quando Starr
testemunha o assassinato de seu melhor amigo de infância, Khalil, pelas mãos de um policial. Agora, enfrentando pressões de todos os lados da comunidade, Starr precisa encontrar sua voz e defender o que é certo. O filme é baseado no livro de Angie Thomas. Com Amandla Stenberg, K.J. Apa e Anthony Mackie. – Sessões no Festival




OPERAÇÃO OVERLORD – Julius Avery

Com apenas algumas horas até o Dia D, uma equipe de paraquedistas americanos invade a França ocupada pelos nazistas para realizar uma missão crucial. Com a tarefa de destruir um transmissor de rádio no alto de uma igreja fortificada, os soldados desesperados juntam forças com um jovem aldeão francês para penetrar nas muralhas e derrubar a torre. Mas, em um misterioso laboratório nazista sob a igreja, alguns soldados estão frente a frente com inimigos nunca antes vistos. Produzido por J.J. Abrams. Com Jovan Adepo, Jacob Anderson e Pilou Asbæk. – Sessões no Festival




O PESO DO PASSADO – Karyn Kusama

O suspense criminal conta a história de Erin Bell, detetive durona do Departamento de Polícia de Los Angeles. Há muitos anos, a jovem Erin infiltrou-se em uma gangue no deserto da Califórnia e a história terminou mal, causando danos psicológicos severos em sua vida. Agora, depois de uma pista cruzar o seu caminho, Erin vê uma chance de
resolver seus traumas do passado na busca pelo assassino Silas. Ela enxerga a possibilidade de uma redenção e quer a todo custo fazer as pazes com sua história. Festival de Toronto 2018. Com Nicole Kidman, Sebastian Stan e Toby Kebbell. – Sessões no Festival




PETERLOO – Mike Leigh

Um retrato dos eventos ligados ao infame Massacre de Peterloo, de 1819, em que protestos pacíficos pró-democracia em St. Peter’s Field, Manchester, resultaram em um dos episódios mais sangrentos da história da Inglaterra. No massacre, o governo britânico atacou uma multidão de mais de 60 mil que havia se juntado para pedir reforma política e protestar contra os altos níveis de pobreza. Muitos dos manifestantes foram mortos e centenas saíram feridos. O massacre foi um momento definidor da democracia britânica e teve papel importante na fundação do jornal The Guardian. Festival de Veneza 2018. Com Rory Kinnear, Maxine Peake, Pearce Quigley, David Moorst e Rachel Finnegan. – Sessões no Festival




PROFILE – Timur Bekmambetov

Ao investigar as técnicas de recrutamento online do Estado Islâmico usadas para atrair jovens europeias para a Síria como noivas da Jihad, Amy Whittaker, uma jornalista freelancer de Londres, cria no Facebook um perfil falso de uma muçulmana
convertida radicalizada. Quando um recrutador profissional entra em contato, ela se depara com uma oportunidade única. Mas Amy se coloca em perigo quando a fronteira entre seu perfil real e seu perfil falso se dissolve. Baseado no livro Na Pele de uma Jihadista, da jornalista francesa Anna Erelle. Berlim e Sundance 2018. Com Valene Kane, Shazad Latif, Christine Adams, Amir Rahimzadeh e Morgan Watkins. – Sessões no Festival




A QUIETUDE – Pablo Trapero

As irmãs Mia e Eugenia passaram a maior parte da vida em continentes diferentes, mas ainda assim mantiveram uma rara e quase desconcertante intimidade. Quando o pai delas sofre um derrame e entra em coma, Eugenia abandona sua casa em Paris e retorna a La Quietud, a quinta da família em uma região rural da Argentina, onde Mia vive com a mãe, Esmeralda. A alarmante situação do pai é aliviada pelo anúncio de que Eugenia está grávida. Mas ainda assim as tensões familiares continuam a assombrar e a fachada de tranquilidade não vai durar muito. Exibido no Festival de Veneza 2018. Com Martina Gusman, Bèrènice Bèjo, Edgar Ramirez, Joaquín Furriel e Graciela Borges. – Sessões no Festival




TORRE DAS DONZELAS – Susanna Lira

Há desejos que nem mesmo a prisão ou a tortura inibem: liberdade e justiça. Há razões que nos mantêm íntegros mesmo em situações extremas de dor e humilhação: a amizade e a solidariedade. O documentário traz relatos inéditos das mulheres que ficaram presas no Presídio Tiradentes, em São Paulo, durante o período da Ditadura Militar, em uma ala separada onde eram encarceradas apenas presas políticas: a chamada “Torre das Donzelas”. – Sessões no Festival




UTØYA: 22 DE JULHO – Erik Poppe

No pior dia da história norueguesa moderna, a jovem Kaja se diverte com a irmã mais nova, Emilie, apenas doze minutos antes da primeira bomba chegar ao acampamento de verão na ilha de Utøya. Aquele seria, então, o segundo ataque de Anders Behring Breivik, terrorista da extrema-direita do país, em menos de duas horas, que matou sessenta e nove pessoas. Enquanto segue pela floresta em busca de sua irmã, Kaja representa o pânico, o medo e o desespero dos quinhentos jovens presentes naquele acampamento. Festival de Berlim 2018. Com Andrea Berntzen, Aleksander Holmen e Brede Fristad. – Sessões no Festival




VIDAS DUPLAS – Olivier Assayas

O filme conta a história de Alain, um editor parisiense de sucesso que luta para se adaptar à revolução digital que vem atropelando seu meio profissional. Ele tem grandes dúvidas sobre o novo manuscrito de Léonard, um de seus autores de longa data. O escritor insiste em propor mais um trabalho de autoficção, reinventando seu caso de amor com uma jovem celebridade. Selena, a esposa de Alain, uma famosa atriz de teatro, tem opinião diferente sobre isso. Indicado ao Leão de Ouro no Festival de Veneza e também ao People’s Choice Award, no Festival de Toronto. Com Guillaume Canet, Juliette Binoche, Vincent Macaigne, Nora Hamzawi, Christa Théret e Pascal Greggory. – Sessões no Festival




AS VIÚVAS – Steve McQueen

Quatro mulheres sem nada em comum, exceto uma dívida deixada pelas atividades criminosas de seus maridos mortos. Em meio a um tumulto, as tensões aumentam quando Veronica, Alice, Linda e Belle assumem seus destinos com suas próprias mãos e conspiram para construir um futuro sob seus próprios termos. Com Viola Davis, Michelle Rodriguez, Elizabeth Debicki, Cynthia Erivo, Colin Farrell e Liam Neeson. – Sessão de Abertura no Festival

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Resenhas Populares

Carrie, a Estranha

Carrie, a Estranha

Nasce Uma Estrela

Nasce Uma Estrela

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

It: A Coisa

It: A Coisa

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos: A Guerra

Aperte o Play