Filmes

Quando nos Conhecemos

Crítica Quando Nos Conhecemos

Nível Exemplar

Lutando contra a friendzone

(When We First Met) – Comédia. Estados Unidos, 2018. De Ari Sandel. Com Adam Devine, Alexandra Daddario, Shelley Hennig, Andrew Bachelor e Robbie Amell. 1h37min. Distribuidora: Netflix. Classificação: Livre.

Quem iria imaginar que um episódio da série Friends iria anexar ao nosso vocabulário um termo tão forte como friendzone? É uma situação pela qual grande maioria das pessoas já passou: aquele amor não correspondido que nos vê apenas como amigos.

Quando Nos Conhecemos começa com Noah (Adam Devine) se vendo diante do noivado entre Avery (Alexandra Daddario), por quem nutre um amor não correspondido, e Ethan (Robbie Amell). Por mais que Noah aparenta estar feliz pelos noivos, por dentro, ele se remoi por dentro por não estar ali, no lugar de Ethan, prestes a se casar com o amor de sua vida. Três anos antes, Noah e Avery se conhecem em uma festa de Halloween e, num momento inicial, parecia que o rapaz tinha encontrado o amor de sua vida. Porém, quando tudo parecia ir bem, Avery o “coloca na friendzone.” Noah, então, passa estes anos nutrindo um amor platônico pela moça, além da esperança de que, um dia, ele seria correspondido… aí chega o dia da festa de noivado de Avery com Ethan e Noah tem o choque de realidade. (Alguém aí se identificou?) Tentando superar o trauma enchendo a cara, Noah acaba descobrindo que pode voltar no tempo e tentar colocar as coisas a seu favor.

O roteiro aparentemente simples de John Whittington (LEGO Batman: O Filme e LEGO Ninjago: O Filme) nos traz a reflexão sobre o que poderia ter acontecido com nossas vidas se tomássemos decisões diferentes, se agíssemos diferentes em determinadas situações. E se tivéssemos a oportunidade de ter uma segunda chance e fazer diferente em algo que, inicialmente, não nos levou à conclusão que queríamos? Se pararmos para pensar nas milhares de possibilidades, hoje, poderíamos estar em um lugar totalmente diferente de onde estamos, porém, nem sempre, pode ser onde queríamos estar. O que nos leva à segunda reflexão. O filme mostra de uma forma bem leve e divertida que relacionamentos não são uma ciência exata e se eu entrar em mais detalhes, certamente, estaria soltando algum spoiler.

Quando Nos Conhecemos possui um ritmo leve e nos envolve de uma tal maneira na história que, tendo apenas 1h37, não nos damos conta do tempo passar. Ele é um filme que nos faz pensar, nos faz identificar e abre nossos olhos para a vida de uma forma muito singela e é recomendado para todos que já vivenciaram situações complexas nas agruras do amor.

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Resenhas Populares

Carrie, a Estranha

Carrie, a Estranha

Nasce Uma Estrela

Nasce Uma Estrela

Angola Janga: Uma História de Palmares

Angola Janga: Uma História de Palmares

Suspiria

Suspiria

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

Aperte o Play