Entretenimento

A pós-verdade dos 14 filmes de Transformers do Michael Bay

A pós-verdade dos 14 filmes dos Transformers de Michael Bay

Quem foi ao Fan Event de Transformers: O Último Cavaleiro que o Nível Épico realizou em parceria com a Paramount Pictures e a Hasbro viu, antes da exibição dos 20 minutos de cenas do filme, um vídeo onde o diretor Michael Bay fala de seu envolvimento com a franquia. Em determinado ponto deste depoimento, ele diz a seguinte frase: “Há alguns anos, tínhamos uma sala com 14 roteiristas. Nós os isolamos por um mês e eles criaram 14 histórias diferentes com rumos pelos quais esta franquia poderia seguir no futuro. Eles criaram uma mitologia maravilhosa.” No dia seguinte, diversos portais, inclusive os especializados em cultura pop e entretenimento, estavam estampando em suas respectivas homes a manchete que dizia que Michael Bay iria produzir mais 14 filmes dos Transformers. À medida que os dias iam se passando, mais e mais portais davam como certos estas 14 aventuras na franquia e, mesmo que o diretor viesse a público depois esclarecer os fatos, a sociedade e a imprensa já tinham estabelecido que mais 14 filmes dos Transformers seriam produzidos. Este episódio ilustra, com perfeição um termo que surgiu muito recentemente com o advento do fake news (notícias falsas): a pós-verdade. Nesse caso, no âmbito da cultura pop.

Antes de tudo, vamos falar sobre o que é fake news. Na verdade, a melhor definição do termo foi dada por Luciano Brasil: “…o termo diz respeito a sites e blogs que publicam intencionalmente notícias falsas, imprecisas ou simplesmente manipuladas, com a intenção de ajudar ou combater algum alvo, normalmente político. Eles também copiam notícias verdadeiras de outros veículos, mas mudam as manchetes, alterando o sentido ou colocando algo sensacionalista para atrair leitores.”

O conceito de pós-verdade, como já foi dito, é derivado do fake news, pois trata-se de uma situação onde o apelo emocional e a crença pessoal são levados mais em conta do que os fatos em si, ou seja, a grosso modo, o que as pessoas acham se sobrepõe à realidade dos fatos. Um exemplo: imagine que você pinte o muro de sua casa de laranja e comenta com seu vizinho que, antes da pintura, cogitou a hipótese de pintá-lo de roxo. Seu vizinho, por sua vez, comenta com outro vizinho sobre seus planos de pintar o muro de roxo e, quando você menos espera, na reunião de condomínio do seu prédio, seus vizinhos afirmam que você irá pintar o muro de roxo e, mesmo que você diga que só pensou no assunto mas acabou pintando de laranja no fim, eles continuariam achando que você pretende pintar seu muro de roxo.

Vamos analisar a declaração de Bay por um momento: o diretor disse que, há alguns anos, ele tinha uma equipe de 14 roteiristas onde cada um deles apareceu com uma ideia de roteiro feito em cima da franquia. Rumos pelos quais a franquia poderia seguir. Ideias as quais poderiam ser aproveitadas daqui para frente. Ideias estas que, alguma delas, foram aproveitadas no roteiro de Transformers: O Último Cavaleiro. Aliás, esta declaração foi dada justamente para dar uma pincelada sobre o que poderíamos esperar desta quinta aventura dos Transformers. Em momento algum, foi dito que seriam 14 filmes, aliás, nem se restringindo apenas à mera interpretação da frase toda se chegaria a este tipo de conclusão. Entretanto, sabe-se lá por qual razão, entenderam que estava confirmado que iríamos mais 14 vezes ao cinema para ver os Transformers em ação. Chega a ser surpreendente ver profissionais e veículos com certa credibilidade darem uma interpretação tão superficial dos fatos sem, ao menos, se dar o trabalho de apurar a veracidade da coisa toda. E pior: chegarem ao cúmulo de cravar tal interpretação como verdade absoluta no inconsciente das pessoas.

Este episódio dos 14 filmes só mostra o quanto é perigoso essa geração de manchetes sensacionalistas que alguns sites de notícias fazem com o intuito de apenas gerar cliques para os mesmos. É claro que a ideia de se fazer um jogo de palavras bem feito numa manchete para chamar a atenção do leitor é uma prática válida e que não pode ser condenada. Porém, a ideia aqui é alertar os leitores para que fiquem atentos a estas manchetes e, principalmente, aos repórteres e profissionais de sites de notícia para que usem esta técnica com responsabilidade, pois, a credibilidade de um veículo de comunicação não está só no seu alcance, mas, principalmente, no conteúdo que ele veicula.

O que temos confirmado oficialmente até o momento é que, após Transformers: O Último Cavaleiro, serão produzidos mais três filmes dos Transformers, sendo que um deles é um spin-off centrado no Autobot Bumblebee, cujo roteiro está pronto e aguardando uma definição sobre quem vai dirigi-lo (o filme, não o Autobot em forma de veículo). A fonte desta informação é uma declaração oficial da própria Hasbro, que nada mais é do que a dona da franquia. E que venha a quinta aventura dos Transformers!

Compartilhe este Post

Posts Relacionados