Vídeos

O universo de Final Fantasy XV com o trailer Omen e o filme Kingsglaive

Coisas ruins esperam por Noctis no mais recente trailer cinemático de Final Fantasy XV lançado pela Square Enix. O protagonista passa por muitos lugares, enfrenta vários perigos, acreditando que é o herói em uma missão nobre. Mas e se ele também for o vilão? Assim como com outros jogos de Final Fantasy, Noctis terá um conflito interno a travar. O trailer “Omen” revela Noctis tentando lidar com estranhas visões que parecem levá-lo por caminhos perturbadores, e no final, temos um vislumbre da versão sombria de Noctis, com olhos vermelhos aterrorizantes.

Final Fantasy XV

A história gira em torno de cristais. O personagem principal, Noctis Lucis Caelum, que faz parte de uma linhagem de reis, mas ainda não é um rei, vive como herdeiro do reino de Lucis, país que detém o último cristal, o que faz de seu país uma potência militar, política e econômica. Devido ao processo de industrialização cada vez mais evidente, que contrasta com os países vizinhos menos desenvolvidos, Lucis está se isolando do resto do mundo.

Os outros países também possuíam um cristal, mas eles transformaram seus recursos em armas, concedendo suas armas em troca de espadas e magia. Isso estabeleceu uma guerra fria sobre o uso do cristal, mas havia um tratado de paz entre os países. O reino de Niflheim, no entanto, quebrou o tratado, conquistando Solheim, Tenebrae e Accordo. Então, parte para atacar Lucis. Em meio à guerra, Noctis luta para proteger seu reino ajudado por Lunafreya Nox Fleuret, sua amiga de infância e noiva. Os dois partilham de um dom misterioso: eles são capazes de se conectar com o reino dos mortos, que lhes permite sentir quando uma pessoa vai morrer.

Em sua jornada, Noctis conta com a ajuda de quatro companheiros: Ignis Stupeo Scientia, o mais racional do grupo e uma espécie de conselheiro para Noctis; Gladiolo Amicitia, ou Gladio, membro da nobre Casa Amiticia, que é um amigo fiel de Noctis; Prompto Argentum, amigo de Noctis desde a época da escola, mas não faz parte do círculo nobiliárquico; e Cor Leonis, um senhor da guerra considerado uma lenda no reino.

O sistema de batalha implementado no jogo será o Kingdom Hearts, que é um bom sistema. Além disso, foi anunciado recentemente que estará disponível um DLC com um modo de multiplayer para quatro jogadores. “Comrades” (Camaradas) oferecerá a possibilidade de os jogadores controlarem o grupo de Noctis e seus companheiros e cooperarem para o andamento do jogo.

Final Fantasy XV estreia dia 29 de novembro.

Enquanto o jogo não chega, vale lembrar também do filme em computação gráfica lançado como prequel do jogo, Final Fantasy XV: Kingsglaive. Dirigido por Takeshi Nozue, o filme estreou nos cinemas japoneses em julho de 2016 e nos Estados Unidos em agosto. Agora em outubro saíram versões físicas e digitais.

Kingsglaive foca nos acontecimentos envolvendo o Rei Regis Lucis Caelum CXIII. Os protagonistas são a Kingsglaive, uma guarda de elite que compartilha os poderes mágicos do Rei Regis e que protege o Reino de Lucis e seu cristal mágico dos avanços do Império de Niflheim. A dublagem original em japonês inclui Go Ayano, Tsutomu Isobe e Shiori Kutsuna, e em inglês tem Aaron Paul, Sean Bean e Lena Headey. O filme é parte de uma expansão multimídia chamada Final Fantasy XV Universe e a produção começou em 2014 pela mesma equipe que trabalhou em Final Fantasy VII: Advent Children.

Final Fantasy XV: Kingsglaive está disponível para ser assistido no canal da Sony Pictures Home Entertainment no YouTube pelo valor de R$ 6,90. Assista abaixo ao trailer do filme.

Final Fantasy XV

Final Fantasy XV

Final Fantasy XV

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Aperte o Play