Você Viu?

Cegonhas

É da Montanha das Cegonhas que estamos falando. De lá é que os bebês saem e são diretamente entregues às suas futuras famílias. Pelo menos era assim que funcionava. Após um incidente, as eficientes cegonhas e seu perfeito processo tecnológico de entrega de bebês muda seu direcionamento de mercado e passa a fazer entregas dos mais variados produtos e deixa o negócio de bebês no passado. As coisas mudam quando, depois de anos, acidentalmente nasce um novo bebê.

(Storks) – Animação. Estados Unidos, 2016.

De Nicholas Stoller e Doug Sweetland. Com Junior, Tulipa, Hunter, Jasper e Lobos. 1h27min. Distribuidora: Warner Bros. Classificação: Livre.

Nível Exemplar

Cegonhas


Resenha – A história que não te contaram

“Mas de onde eu vim?” Essa pergunta com certeza faz parte do repertório de questionamento sobre a vida quando as crianças chegam naquela idade de perguntar sobre tudo que as rodeiam. Desde a “foi uma sementinha” a “foi a cegonha que te trouxe”, as respostas deixam mais dúvidas para elas. Por isso, Cegonhas, a nova animação da Warner Bros., traz a resposta da parte operacional para esta pergunta – que muitas vezes faz os pais gelarem de tão constrangidos.

Dezoito anos após a Montanha das Cegonhas ter deixado de ser o local de onde saíam os bebês e ter se tornado a sede da lojadaesquina.com (uma alusão à Amazon.com? Eu acho que sim), Junior, um dos mais exemplares funcionários, completa sua milésima entrega e recebe uma oferta de promoção diretamente do Chefe Hunter, o CEO grandão da lojadaesquina. Mas para isso se concretizar, tudo o que Junior precisa fazer é demitir a Órfã Tulipa. Por causa de um incidente na entrega de bebês, a jovem nunca chegou à sua família e foi o motivo da fábrica de bebês ter sido desativada. Desde então, ela vive na Montanha como uma funcionária atrapalhada que faz um monte de besteiras quando tenta ajudar.

Sem ter coragem de demitir Tulipa, Junior na verdade a “promove”, colocando-a no setor de cartas da antiga ala do local, ou seja, na antiga fábrica de bebês. Como o negócio está desativado há muito tempo e não recebe nenhuma carta com o pedido de bebês, Junior acredita que não tem como a jovem causar alguma confusão. Mas é claro que ele estava enganado. Após receber a carta do solitário menino Nando, que quer ter um irmãozinho e que não tem muita atenção dos pais, que trabalham o tempo todo, Tulipa reativa a produção de bebês.

Para garantir sua promoção sem que o Chefe Hunter descubra o que aconteceu, Junior decide fazer a entrega específica dessa “encomenda” para a família de Nando junto com Tulipa. É óbvio que eles encontram vários problemas para concluir essa entrega. De cuidar do bebê depois de terem sido expostos ao fator fofura – o que é muito perigoso, afinal, quem não se apaixona por um bebê? – até enfrentar um alcateia também exposta à fofura incontestável daquela criaturinha fofinha e lindinha.

O enredo do filme, ao tentar trazer uma explicação de como ocorre o processo de chegada das crianças às mãos de suas famílias, oferece aos expectadores uma lição sobre como o amor de uma família é essencial para a formação do ser humano, e segue a lógica do “não vamos só prender as crianças, mas apresentar uma boa história para os adultos e fazer com que eles se emocionem também”. Cegonhas vale a pena por trazer uma história leve e divertida baseada numa lenda que sempre conhecemos.

Cegonhas

Cegonhas

Cegonhas

Cegonhas Nycole Reif
Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Inscreva-se no Canal

Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

It: A Coisa

It: A Coisa

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos: A Guerra

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Siga no Bloglovin’

Follow

Vem Com a Gente

Curta e Compartilhe

Aperte o Play

Nível Épico em Imagens