Vídeos

A força de Jessica Jones – Detetive particular e ex-super-heroína

Nos próximos anos, o Netflix vai estrear cinco séries baseadas em personagens da Marvel: Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro, que se juntarão na minissérie Defensores. Com o grande sucesso de Demolidor, agora é a vez de Jessica Jones mostrar do que é capaz dentro deste universo compartilhado para a televisão. Os teasers divulgados até agora não deixam dúvidas da força (literalmente) que a personagem terá no Universo Marvel.

O mais interessante é que a pegada da divulgação está indo totalmente na contramão do que acontece no cinema (mérito do Netflix, eu diria). Enquanto o marketing no cinema é sempre ávido para mostrar o máximo possível dos filmes, o marketing da série revela o mínimo possível, apenas nos lançando provocações e quase sempre mostrando Jessica Jones em situações que exploram uma ou outra de suas principais características. Cada teaser destaca um pouco de seus super-poderes e o fato de que ela é uma super-heroína vivendo de forma mais mundana, sem muito saco para amenidades ou subir escadas. Ela esmaga despertadores que tocam “Lovin’ You” de Minnie Riperton e acaba com brigas de bar ao som de “Bad Reputation” de Joan Jett. O gosto musical é bem old school. Adorei isso.

Jessica Jones é uma ex-super-heroína que agora trabalha como detetive particular em Nova York. As histórias da série terão como base a HQ Alias, publicada em 2001 pelo selo Marvel Max e hoje cancelada, que abordava os casos investigados por Jessica Jones enquanto ela lidava com questões do passado. Esta é uma história em nível mais urbano, condizente com a premissa que a Marvel está trabalhando para as séries do Netflix.

O vilão da série será Zebediah Killgrave (Homem-Púrpura), um homem de extrema importância no passado de Jessica Jones. Killgrave é conhecido por usar feromônios para controlar a mente de outras pessoas. Nos quadrinhos, quando Jessica ainda atuava como a heroína Safira, ele a sequestra e mexe com a mente dela, obrigando-a a presenciar coisas horríveis enquanto permanece sob seu domínio. Quando finalmente se liberta, Jessica acaba sofrendo um acidente grave que a deixa em coma. Quando acorda, traumatizada por tudo que aconteceu, ela decide abandonar a vida de super-heroína e se torna detetive particular.

O elenco inclui Krysten Ritter como Jessica Jones, Mike Colter como Luke Cage, David Tennant como Zebediah Killgrave, Rachael Taylor como Trish Walker, e Carrie-Anne Moss como Harper. Melissa Rosenberg atua como showrunner.

Em entrevista à Cosmopolitan, Ritter disse que não era uma fã de quadrinhos quando fez os testes para o elenco de Jessica Jones, mas desde que ganhou o papel, está devorando todas as histórias em quadrinhos que encontra com a heroína. De acordo com a atriz, ela está gastando todo seu tempo livre lendo Jessica Jones, porque agora ela está “viciada” nas histórias da personagem.

Jessica Jones estreia dia 20 de novembro no Netflix e terá 13 episódios.

Jessica Jones

Jessica Jones

Jessica Jones

Jessica Jones

Jessica Jones

Jessica Jones

Compartilhe este Post

Posts Relacionados