Filmes

Aproveite a Copa do Mundo Com… Séries Políticas

A Copa está começando e pelos próximos 30 dias será impossível fugir do assunto futebol. Ele dominará tudo, todas as manchetes dos jornais, sejam eles eletrônicos, impressos ou televisivos. Se você é uma dessas pessoas que não gosta de futebol, ou não se interessa por Copa, ou prefere não participar da agitação pelo evento, esse post é para você.

A vida não para com a Copa, mas a FIFA te presenteia com um bom punhado de feriados nesses 30 dias. Tem o feriado oficial mesmo, Corpus Christi, no dia 19/06, os feriados informais nos dias de jogos do Brasil (aqui você pode torcer para a seleção avançar na competição para que existam mais dias de folga) e, dependendo de onde se mora, tem os feriados em dias de jogo na sua cidade. É hora de aproveitar todo esse tempo livre e mergulhar na boa televisão.

Pensando que temos uma importante eleição em outubro, elegeremos presidente, governador, toda a câmara federal, e 2/3 do senado, montamos uma lista com séries que tem a política como tema.


The West Wing

Copa do Mundo e Séries Políticas

A maravilhosa e super premiada série criada por Aaron Sorkin mostra o dia-a-dia dos principais assessores do presidente americano. São sete temporadas que pregam a boa política, a política em que direita e esquerda são adversárias e não inimigas. É uma daquelas séries que não envelhecem. Ela saiu do ar em 2006, e continua atualíssima. O presidente Jed Bartlet (Martin Sheen) é o presidente dos sonhos, seus assessores Toby (Richard Schiff), Josh (Bradley Whitford), Sam (Rob Lowe) e, principalmente, C.J. (Alisson Janney) formam uma equipe que faz política como ela deve ser feita, sempre com o bem público em vista. The West Wing é uma série de como a política pode ser boa, isso em meio a ótimas tramas, diálogos rápidos e inteligentes e atuações incríveis.

O primeiro episódio da terceira temporada funciona como algo independente. É a resposta de Sorkin aos atentados de 11 de setembro, vale ser visto mesmo que você não consiga assistir às sete temporadas.


House of Cards

Copa do Mundo e Séries Políticas

A série do Netflix é uma refilmagem de uma série da BBC, baseada em uma trilogia literária de Michael Dobbs. É a historia de Frank Underwood (Kevin Spacey) e sua escalada no poder. São duas temporadas do que há de mais sujo na política. Os planos arquitetados por Underwood são executados com perfeição, sempre usando a sua enorme capacidade de manipulação. Spacey está maravilhoso no papel, mas quem rouba a cena mesmo é Robin Wright como Clair Underwood, principalmente na segunda temporada. A série é uma mostra de quão suja pode ser a política de gabinete, aquela que visa só o bem dos envolvidos e não o bem comum.


Scandal

Copa do Mundo e Séries Políticas

A série de Shonda Rhimes começou tendo um “monstro da semana”, que eram os casos que a equipe de Olivia Pope (Kerry Washington) resolvia. Essa característica durou uns quatro episódios, depois disso a transformação foi total para uma série sobre conspiração e crimes dentro do círculo mais próximo ao presidente dos EUA. É verdade que isso tudo é embalado por um romance proibido entre Pope e o presidente Fitz (Tony Goldwyn), mas isso não ofusca o fato de que é uma narrativa sobre como o poder da presidência e a busca por ele pode levar todos a cometer os mais vis crimes, de como o poder pode ser justificativa para os atos mais imorais e, principalmente, como todo esse poder é capaz de esconder e acobertar tudo sempre com a justificativa de que aquele presidente é o melhor para a nação.

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Inscreva-se no Canal

Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Capitão Fantástico

Capitão Fantástico

O Homem nas Trevas

O Homem nas Trevas

Nível Épico em Imagens

Google Plus

Facebook

SoundCloud