Filmes

O Lobo de Wall Street

O Lobo de Wall Street

O Lobo de Wall Street

O Lobo de Wall Street

O Lobo de Wall Street

O Lobo de Wall Street (The Wolf of Wall Street, EUA, 2013), novo filme de Martin Scorsese, é o 23º do diretor em quase 50 anos, e um dos melhores de sua carreira, sem dúvidas. Baseado no livro de memórias homônimo de Jordan Belfort, a história é sobre um jovem corretor da bolsa de Nova Iorque, o próprio Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio), que fundou a firma de investimentos Stratton Oakmont em uma garagem velha e passou grande parte dos anos 90 envolvido em esquemas que só fizeram crescer sua enorme fortuna pessoal. Parte do dinheiro servia para financiar o tipo de vida social que teria deixado até Calígula escandalizado, mas com tanta decadência e corrupção, claro que uma hora a casa caiu. Belfort foi indiciado pelo FBI por fraude de títulos e lavagem de dinheiro.

Esse é mais um grande filme de Scorcese, com um aspecto meio semelhante ao recente O Grande Gatsby, só que ao invés de uma história sobre riqueza e amor, O Lobo de Wall Street é uma história sobre riqueza e corrupção e (bem) muita sacanagem. A corrupção atinge níveis elevados de puro caos nesse filme, numa demonstração do que uma pessoa (ou várias) é capaz de fazer quando tem muito dinheiro, muito poder, e pouca noção de que cada ato gera uma consequência.

Scorsese nos mostra a realidade daqueles homens ambiciosos naquela época permeada por ambição, mas ele está mais preocupado com o caminho mais rápido e cínico de Belfort para o topo, e o suprimento quase ilimitado de mulheres e drogas que ele consome no processo. Em meio a essa esbórnia, conhecemos o dia-a-dia da Stratton Oakmont — em uma semana típica da empresa vemos de tudo um pouco: anão sendo arremessado, bundas de fora, espetáculos de strippers, chupadas no elevador panorâmico e até pausa para o sexo (quem precisa de café?).

Leonardo DiCaprio equilibra com excelência habitual os aspectos grotescos da personalidade de Belfort com momentos de verdadeiro carisma e visão profissional, além de saber dosar a esperteza do personagem como o humor seco que a narrativa exige. DiCaprio rouba a cena, sem dúvida. O elenco de apoio impulsiona o processo. Jonah Hill divide boa parte do filme com DiCaprio, interpretando Donnie Azoff, amigo de Belfort, e se mostra um maníaco debochado tão sensacionalmente desprezível que é engraçado. Há ainda participações pontuais importantes de Margot Robbie como a esposa megera sensual, mas que não passa de um troféu; Matthew McConaughey (em três minutos sensacionais de participação) como o mentor que basicamente inicia Belfort no caminho da decadência moral; ou Rob Reiner como o pai temperamental de Belfort, que tenta ser uma âncora moral para as loucuras do filho, mas ao mesmo tempo, não consegue evitar ser afetuoso e até permissivo. Um destaque de leve para Jon Bernthal — o eterno Shane de The Walking Dead mostrando mais uma vez seu potencial para crescer no cinema — como amigo e homem de confiança de Belfort. A cena em que o personagem de Bernthal “vende” uma caneta para Belfort tem um significado simbólico para o filme, especialmente no fim, e representa (num único momento) várias facetas da história, para o bem e para o mal.

A quinta colaboração entre Martin Scorsese e Leaonardo DiCaprio é um retrato brilhante e comicamente sombrio sobre a ganância muitas vezes inerente ao Sonho Americano, que consegue impressionar, divertir, ofender e até mesmo aterrorizar, às vezes tudo de uma vez só. Como um tremendo estudo de personagem, O Lobo de Wall Street é um reflexo escandaloso e repugnante de aspectos muito reais e muito podres da nossa sociedade. A mensagem pode incomodar, perturbar, e por isso mesmo é de um valor inestimável e de uma importância inflexível. A corrupção e a feiura de Wall Street que Scorsese nos oferece com tanto vigor se revela uma perspicaz desconstrução da falta de moral tão presente nos desejos por fama e fortuna que articulam muitas camadas da nossa sociedade até hoje.

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Capitão Fantástico

Capitão Fantástico

O Homem nas Trevas

O Homem nas Trevas

Nível Épico em Imagens

Google Plus

Facebook

SoundCloud