Você Viu?

Obsessão – Festival do Rio 2013

Obsessão

Obsessão

Obsessão

Obsessão

A Flórida é conhecida pelas praias, pelas compras de Miami e pelos parques de Orlando. No entanto, o estado é composto em sua grande parte por pântanos e cidades interioranas típicas, guardando tudo de bom e ruim que elas possuem. E se voltarmos aos anos 60, e lembrarmos que estamos falando do Sul dos EUA, há um tom de sinistro em qualquer história que se passe neste cenário.

É o caso de Obsessão (The Paperboy, EUA, 2012), thriller dirigido por Lee Daniels adaptando o livro homônimo de Pete Dexter, publicado no Brasil pela editora Novo Conceito. A trama conta a história dos jornalistas Ward (Matthew McConaughey) e Yarley (David Oyelowo), que tentam provar a inocência de Hillary Van Wetter (John Cusack), condenado à cadeira elétrica por supostamente ter assassinado um xerife de uma pequena cidade. Para isto, contam com a ajuda da noiva do preso, Charlotte (Nicole Kidman), e do irmão mais novo de Ward, Jack (Zac Efron).

Muito da tensão inicial se dá pelo fato de Yarley ser negro, e todo esse subtexto de conflito racial é reforçado pelo fato da narradora do filme ser a empregada doméstica do pai de Ward e Jack, interpretada pela cantora Macy Gray. Contudo, a trama vai passando por viradas e mais viradas, e aos poucos vai abandonando essa abordagem em prol do aumento do suspense.

O grande problema do filme é que o roteiro possui algumas falhas em sua estrutura. Personagens secundários de repente ganham importância demasiada, a tentativa de revelar segredos acaba ficando cansativa (ainda mais por serem óbvios), mas o pior de tudo é sem dúvida a conclusão. Ela não é mostrada, apenas contada com texto na tela, no melhor estilo “filme baseado numa história real”. A duração não é tão longa assim, porém, mais cinco minutos mostrando visualmente como realmente tudo termina fariam um bem danado, sem deixar o espectador se sentir um trouxa. A câmera tremida também acaba atrapalhando mais do que ajudando, por ser fora do tom da história.

Contudo, há aspectos positivos que salvam o filme. O principal deles é a atuação. Todo o elenco está muito bem. Zac Efron mostra que pode ser um ator de verdade, Macy Gray mostra-se uma revelação, McConaughey enche seu jornalista de nuances que aprofunda o personagem, e todos, no geral, atuam acima da média.

O grande destaque fica por conta de Nicole Kidman, deslumbrante e sedutora, com um apelo erótico todo baseado apenas em sua atuação. Além disso, o diretor consegue passar um nível de tensão e crueza nas cenas finais que chega a ser surpreendente. Com grandes atuações e um clima sempre tenso, Obsessão cumpre seu papel, mesmo com todos os seus problemas. Além disso, a presença de Nicole Kidman na tela, por si só, já é vantagem.

MOSTRA PANORAMA DO CINEMA MUNDIAL

OBSESSÃO (ThePaperboy) – De Lee Daniels. Com Nicole Kidman, Zac Efron, Matthew McConaughey, David Oyelowo, John Cusack. Eua, 2012. 107min.

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Inscreva-se no Canal

Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

It: A Coisa

It: A Coisa

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos: A Guerra

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Siga no Bloglovin’

Follow

Vem Com a Gente

Curta e Compartilhe

Aperte o Play

Nível Épico em Imagens