Filmes

Trailer de DALLAS BUYERS CLUB – O Filme Que Quase Não Existiu

Dallas Buyers Club é um filme que ronda Hollywood faz 20 anos, quando seu roteiro ganhou a primeira versão. Parece que durante todo esse tempo ninguém teve coragem de levá-lo às telas, talvez por tratar de um assunto muito delicado, que vai contra as grandes indústrias farmacêuticas.

Lá em 1992, o roteirista Craig Borten soube da história de Ron Woodroof, um eletricista mulherengo, homofóbico, que usava drogas pesadas e gostava de apostar, que havia contraído o vírus da AIDS em 1986 e seus médicos tinham lhe dado apenas 30 dias de vida. Borten ficou impressionado com a paixão que Woodroof tinha pela vida e como a doença o tinha mudado, tornando-o forte defensor dos direitos gays, pelos HIV positivos e por um tratamento melhor, entrando em uma guerra contra as indústrias farmacêuticas norte-americanas e o FDA (Administração de Alimentos e Drogas, em tradução livre).

Dallas Buyers Club

Ao ver o filme ser muito bem recebido no Festival de Toronto desse ano, é de se admirar que tenha conseguido superar todos os problemas que enfrentou. Já teve Brad Pitt e Ryan Gosling envolvidos, Dennis Hopper e Marc Frost cotados como prováveis diretores, dois grandes estúdios que deram pra trás, e muitos obstáculos que quase destruíram a vida de Borten, que sempre esteve decidido a levar seu roteiro às telas.

Por fim, sua amiga, a produtora Robbie Brenner, tomou a frente do projeto e percebeu que a combinação (mau caratismo, homofobia, AIDS e guerra às indústrias farmacêuticas) tornava difícil levar a produção a frente. Ninguém queria investir por medo do filme falhar nas bilheterias e ainda despertar a ira de gente poderosa. Só restava tentar uma produção independente e correr atrás de pessoas que tivessem dinheiro e coragem para investir no projeto de Borten. Porém, tanto tempo passou, que a AIDS deixou de ser um assunto tão controverso quanto antes.

Inesperadamente, em 2011, foi o ator Matthew McConaughey quem salvou o projeto de Borten. Mesmo sem muita credibilidade como ator, na época, McConaughey estava decidido a trazer Dallas Buyers Club à vida; com certeza, ele percebeu ali uma chance de mostrar seu talento como ator, que vêm se provando cada vez maior. Ao mesmo tempo, o diretor canadense, Jean Marc-Valle (A Jovem Rainha Vitória), foi escolhido para dirigir o longa.

Sangue novo e um ator decidido eram o que a produção e Borten precisavam. Marc-Valle nunca teve medo de desafios (como mostra seu primeiro filme, C.R.A.Z.Y.) e McConaughey já havia avisado seu agente que ele aceitaria papéis em filmes grandes, mas que aquela produção seria prioridade. Um grupo de investidores canadenses bancou os custos e o filme foi finalizado no meio desse ano, para a alegria de Borten, que quase teve o espírito destruído por Hollywood. Para ajudar no lado “comercial” do filme, Jennifer Garner foi escolhida para integrar o elenco. O problema seguinte seria conseguir um ator que interpretasse Rayon, o sócio transgênero e HIV positivo de Woodroof; Jared Leto acabou ganhando esse papel por merecimento, ao aparecer transvestido em uma entrevista, via Skype, com Marc-Valle.

Sucesso no Festival de Toronto, como já foi citado, o filme está sendo distribuído pela Focus Features. Sua história controversa, que começa em 1986, conta a saga de Ron Woodroof (McCounaghey), que descobre ser HIV-positivo e que tem apenas 30 dias de vida. Ao começar seu tratamento com AZT, o eletricista piora. Decidido a melhorar sua qualidade de vida, busca por remédios alternativos e anti-virais no México e pelo mundo, levando-os de forma ilegal para os EUA. Com a ajuda do transgênero, Rayon (Leto), também HIV-positivo, Woodroof funda o Dallas Buyers Club, que vende esses remédios a outros pacientes, melhorando a qualidade de vida dessas pessoas também.

No trailer, vemos o tamanho do comprometimento de McCounaghey com o filme, que perdeu completamente sua figura saudável, transformando-se em um homem muito magro. Para tal feito, o ator fez uma dieta de apenas 400 calorias por dia. Leto também brilha como Rayon. Provavelmente Craig Borten terá paz e ganhará o reconhecimento que merece. Esse é seu primeiro e único roteiro em 20 anos, um exemplo de perseverança pra contar uma história importante que, sem dúvida, merece ser prestigiada.

Dallas Buyers Club tem estreia prevista para 01 de novembro nos EUA, e tudo indica que ainda terá uma vida longa por Festivais e Premiações. Ainda não há uma data definida para lançamento no Brasil.

Dallas Buyers Club

Dallas Buyers Club

Dallas Buyers Club

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Capitão Fantástico

Capitão Fantástico

O Homem nas Trevas

O Homem nas Trevas

Nível Épico em Imagens

Google Plus

Facebook

SoundCloud