Filmes

Universidade Monstros

Universidade Monstros

Universidade Monstros

Universidade Monstros

Universidade Monstros

Quando somos pequenos, a hora de dormir é bem aterrorizante, principalmente nos primeiros anos, quando precisamos aprender a dormir sozinhos, num quarto enorme, escuro e cheio de sombras, que mais parecem monstros, fantasmas e tudo mais que a imaginação de uma criança permita criar.

Claro que tudo não passa da imaginação muito fértil de crianças, mas e se não for. E se existir um mundo paralelo ao nosso, povoado por monstros que tem acesso ao nosso através dos nossos armários, que precisem se alimentar de gritos de pavor para poderem manter o mundo deles funcionando? Essa era a premissa genial do filme Monstros S.A., lançado pela Disney e pela Pixar em 2001, que apresentava um mundo de monstros fofos, mas que era mantido pelo medo das crianças humanas, independente da fofura.

Sulley e Mike são os monstros mais queridos do mundo, com certeza. Trabalham na fábrica Monstros S.A. e agora estão de volta à telona do cinema para contar como foram parar lá. Doze anos depois, a Pixar e a Disney dão esse presente aos fãs dos dois adoráveis monstrinhos, mostrando como tudo começou no filme Universidade Monstros (Monsters University, EUA, 2013).

Ainda pequeno, Mike Wazowski foi visitar a famosa e importante fábrica com sua escola e descobriu que os melhores monstros assustadores de lá estudaram na Universidade Monstros. A partir de então, o pequeno Mike passa a se dedicar com afinco. Ao terminar o segundo grau, consegue sua vaga na tão prestigiada Universidade, seu sonho finalmente estava se realizando. Mas, uma universidade reúne todo o tipo de alunos e quase todos são tão bons como ele, dessa forma, o dedicado aluno precisa mostrar que é bom através de todo conhecimento que adquiriu estudando, já que seu porte franzino não inspira muito medo. Por outro lado, há James Sullivan, um enorme monstro famoso por fazer parte de uma linhagem de assustadores de prestígio. Sulley e Mike tornam-se adversários que decidem lutar pelo posto de melhor da turma. Mas, depois de um incidente durante uma prova muito importante, os dois precisam se unir para voltarem à cadeira de sustos, a mais importante da Universidade. Para tal, os dois decidem participar de uma perigosa gincana que envolve as fraternidades da Universidade, mas apenas a impopular O.K. aceita os dois. Assim, Mike e Sulley precisam unir forças para ganhar a gincana e conseguir voltar para a aula mais importante para seus currículos, criando um vínculo de amizade entre eles.

A primeira coisa que passa pela cabeça de grande parte dos fãs da franquia (porque virou uma franquia, né?) é que dessa vez não tem a fofíssima Boo, a menininha que não tinha medo dos monstros. Mas, mesmo sem uma criança, Universidade Monstros não deixa a desejar para o primeiro filme. O que primeiro salta aos olhos é a melhora gráfica, principalmente porque a tecnologia melhora cada vez, permitindo que, a cada animação, a Pixar se supere e crie cenários realistas, em um nível que quase esquecemos que se trata de uma animação. Os detalhes da universidade são grandiosos, que em um rápido momento lembram as famosas universidades da “Ivy League” norte-americana, mas que revelam detalhes “monstruosos” aqui e ali, tornando todo o cenário um deleite para os olhos, o que atrai a público adulto, cada vez mais empolgado com animações desse nível.

Os personagens tem características muito individuais, pelos, membros, olhar, modo de falar, de se movimentar, roupas e vários outros detalhes que passam despercebidos por nós, mas nunca pelos designers que os criaram. Uma multidão multicolorida, criados um a um por computador e que desfilam pela tela como se fosse muito normal existirem tantos monstros como aqueles no mundo. Tudo tão natural, tão bem estruturado, para que ninguém perceba exatamente isso, todo o trabalho que criar aquele universo tão rico deve ter sido.

Mas no fim é isso mesmo. Nem lembramos que uma animação desse nível exigiu horas e horas de trabalho e uma equipe super qualificada, porque o que queremos é nos divertir, e esse é outro ponto positivo de Universidade Monstros, é muito divertido, com uma história cativante. Ao mostrar Mike e Sulley em seus anos na universidade, cita e brinca com filmes do gênero, levando adultos e crianças para o seu mundo sem qualquer dificuldade. Na verdade, já estamos ansiosos pelo parque temático!

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Inscreva-se no Canal

Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Capitão Fantástico

Capitão Fantástico

O Homem nas Trevas

O Homem nas Trevas

Nível Épico em Imagens

Google Plus

Facebook

SoundCloud