Filmes

A Caça

A Caça

A Caça

A Caça

A Caça

Uma das principais características do diretor Thomas Vinterberg é realizar filmes que causem desconforto.

Ele se apropria de situações corriqueiras, uma festa de aniversário, um retorno para casa, e até o cotidiano de um professor de um jardim de infância, para mostrar até que ponto pode chegar o ser humano.

É um dos diretores que fez parte do movimento dinamarquês, Dogma 95, onde ele, Lars Von Trier e outros diretores decidiram fazer cinema de uma forma mais natural, sem o auxílio de muitos recursos tecnológicos, provando que apenas criatividade é necessária quando se trata de fazer um filme.

Com o Dogma 95 para trás, Vinterberg continua sendo um diretor que preza muito pela qualidade do que realiza, sem se dobrar aos grandes estúdios de Hollywood, por isso a distância entre suas produções. Seu último projeto é o filme A Caça (Jagten, Dinamarca, 2012), que conta a história de uma professor divorciado que vê sua vida de cabeça pra baixo de um dia para o outro.

Mads Mikkelsen é Lucas, um homem de meia idade que enfrenta um difícil divórcio e luta pela guarda de seu filho. Lucas largou seu emprego anterior e agora é professor de um jardim de infância em sua cidade natal, onde convive com seus amigos de infância, sendo, inclusive, professor dos filhos deles. A pequena Klara (Annika Wedderkopp) é filha de seu amigo Theo (Thomas Bo Larsen) e nutre um carinho enorme por Lucas. Mas, por causa de um mal entendido, Klara acusa sem querer Lucas de ter abusado sexualmente dela. A diretora da escolinha logo leva o caso para a polícia e afasta Lucas de seu trabalho. Por mais que o professor diga que a acusação não é verdadeira, em muito pouco tempo, toda a cidade fica contra ele.

Ninguém aceita a versão de Lucas ou acredita quando a pequena Klara diz que ela mentiu. É mais fácil acreditar que Lucas é um homem mau, capaz de algo terrível, do que aceitar que uma criança com raiva pode ser cruel e mentirosa. Todos os valores são revistos nesse filme, que discute a preocupação exacerbada do ser humano em punir aqueles que eles acreditam estarem errados, sem procurar pela verdade. Vinterberg, que também assina o roteiro ao lado de Tobbias Lindholm, mais uma vez leva o público até o limite do que é ou não aceitável, causando um desconforto necessário para que se entenda o comportamento humano. Mesmo aquela comunidade extremamente pacata e civilizada é capaz das piores coisas para não ter sua paz e ordem abaladas.

Mads Mikkelsen, que vem chamando atenção ultimamente em várias produções cinematográficas e televisivas, mostra, com seu extremamente ponderado e vulnerável Lucas, porque é apontado como um dos maiores atores da atualidade.

A Caça é um filme duro, que mexe com as emoções exatamente para mostrar qual é o mundo em que vivemos atualmente, onde essa necessidade extrema de punição ao que se acredita ser intolerável pode, muitas vezes, ser pior do que o próprio “crime”.

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Inscreva-se no Canal

Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Capitão Fantástico

Capitão Fantástico

O Homem nas Trevas

O Homem nas Trevas

Nível Épico em Imagens

Google Plus

Facebook

SoundCloud