Mãe

Você Viu?

Os Candidatos

Nível Básico

Os Candidatos

Os Candidatos

Os Candidatos

Os Candidatos

Os Candidatos (The Campaign, EUA, 2012) é um filme pertinente ao momento vivido pelos Estados Unidos tanto quanto ao momento que estamos vivendo aqui no Brasil com as eleições municipais (algumas cidades ainda vão encarar o segundo turno).

Na história, Cam Brady (Will Ferrell) é um congressista do estado da Carolina do Norte que durante anos aproveita os “louros” de seu cargo público, tendo sido re-eleito várias vezes. Porém, enquanto aproveita esses “louros”, Brady comete uma gafe tremenda e sua campanha começa a entrar pelo cano. Por baixo dos panos, os inescrupulosos Irmãos Motch (Dan Aykroyd e John Lithgow), ao perceberem que seus investimentos em Brady podem não ter retorno, arrumam outro candidato facilmente manipulável para concorrer às eleições: o ingênuo Marty Huggins (Zach Galifianakis). Os dois candidatos rivais entram numa disputa acirrada, e cada vez mais sórdida, até que um deles seja eleito.

A partir daí, o filme é um festival de bobagens ensandecidas, ora entediantes, ora divertidas. Basicamente, é uma paródia com a corrida pelos votos da população que geralmente leva os candidatos aos atos mais desleais e desesperados pela vitória. Nesse momento em que os norte-americanos escolhem quem será seu novo presidente, enquanto nós brasileiros escolhemos nossos novos prefeitos e vereadores, o filme parece um lembrete do quão torpe, absurda e corruptora pode ser a política — e especialmente aqueles que estão por trás dela.

Por outro lado, há o lado bom, porque nem tudo é preto e branco. O filme também mostra que mesmo um homem que comete erros pode, eventualmente, se redimir e tentar fazer o que é certo. Além disso, mostra que existem aqueles na política que lutam para que o certo seja feito. A sequência final, que aparece junto com os créditos, inclusive, lembra um pouco outro momento da nossa política brasileira: o mensalão.

Claro que tudo isso é tratado aqui de forma cômica, afinal, esse é um filme de comédia em primeiro lugar. O diretor Jay Roach, conhecido pelos filmes do Austin Powers, abusa das piadas escatológicas e juvenis. A campanha dos candidatos é grosseirona e nada sofisticada, mas é irreverente o bastante pra despertar algumas boas risadas — especialmente as cenas que envolvem o soturno Tim Wattley (Dylan McDermott), que são bem hilárias.

Os Candidatos é uma sátira política nervosa e razoavelmente engraçada. Como eu disse, é um filme ora entediante, ora divertido. Mas vale mesmo se você estiver acompanhando a corrida presidencial nos Estados Unidos. Nesses tempos de Mitt Romney se tornando piada por causa de suas gafes, esse filme não podia ser mais oportuno.



Apoie
Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Inscreva-se no Canal

Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

It: A Coisa

It: A Coisa

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos: A Guerra

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Siga no Bloglovin’

Follow

Vem Com a Gente

Curta e Compartilhe

Aperte o Play

Nível Épico em Imagens