Você Viu?

Atividade Paranormal 4

Nível Heroico

Atividade Paranormal 4

Atividade Paranormal 4

Atividade Paranormal 4

Atividade Paranormal 4

O primeiro Atividade Paranormal foi um sucesso por causa da novidade e por brincar com nossos medos de forma sutil e misteriosa. Mas, sobretudo, a grande sacada do filme foi a novidade. As continuações perderam o caráter de novidade, então, os realizadores focaram em contar história.

Atividade Paranormal 2 contou uma história paralela que explicava parcialmente alguns pontos do primeiro filme. Atividade Paranormal 3 foi uma espécie de prequel, que apresentou um novo elemento à história: a convenção de bruxas.

Atividade Paranormal 4 (Paranormal Activity 4, EUA, 2012) continua a história depois dos acontecimentos finais do segundo filme — você sabe sobre o bebê sequestrado, não sabe? — e avança com alguns mistérios mostrados no terceiro filme. Aqui, não temos simplesmente uma continuação; temos a evolução de uma mitologia que vem sendo trabalhada ao longo de toda a franquia — que já se tornou uma aposta inteligente de lançamento para a época de Halloween.

A trama se concentra numa família americana que decide cuidar de menino do filho de uma vizinha que sofreu um acidente misterioso — se você é um fã da série, você já deve ter imaginado quem é a “mãe” desse moleque. O garoto, chamado Robbie (Brady Allen), rapidamente fica amigo do caçula da família, Wyatt (Aiden Lovekamp). Porém, eventos bizarros começam a acontecer na casa e chamam a atenção da filha adolescente, Alex (Kathryn Newton), para o comportamento do estranho convidado. Alex, junto como o amigo Ben (Matt Shively), instala câmeras pela casa para vigiar o menino, mas acaba descobrindo coisas além de sua compreensão.

O quarto capítulo segue as fórmulas de uma série trabalhada com certa harmonia entre suas continuações, que conseguem combinar o desconforto singular das histórias de fantasmas à moda antiga — o lance de puxar o pé continua angustiante! — com a intensidade das cenas gravadas por câmeras caseiras. Aqui, no entanto, os diretores Henry Joost e Ariel Schulman modernizaram algumas coisas, como o uso de webcam nas filmagens e a habilidosa utilização do sistema de reconhecimento do Kinect — que vai deixar muita gente com receio de jogar Xbox durante alguns dias (rs).

Mas, você ainda deve estar se perguntando, se o primeiro Atividade Paranormal foi um enorme sucesso por causa de sua abordagem nova para uma velha história, há realmente algo de novo em sua terceira sequência? Como eu disse antes, de fato, não há novidades, mas Atividade Paranormal 4 ainda consegue extrair coisas interessantes de suas próprias ideias.

A começar pelos protagonistas adolescentes. Os atores Kathryn Newton e Matt Shively suportam direitinho seus personagens. Newton é esperta e adorável — diferente da menina adolescente filha do casal no segundo filme. Shively surge como alívio cômico para a tensão do suspense, e se mostra divertido pra caramba. E os dois juntos são perfeitamente críveis como casal de amigos que não sabe se deve ou não avançar pra pegação.

Mas o destaque mesmo é o garoto Brady Allen. Que moleque horripilante! Dentre as novidades desse longa, os realizadores souberam acrescentar o elemento da “criança estranha” ao lugar comum da “casa mal-assombrada”. Atividade Paranormal continua competente para usar as referências vindas de clássicos como A Profecia ou Poltergeist – O Fenômeno — um detalhe é que um dos filhos da família principal de Poltergeist chama-se juntamente Robbie.

Atividade Paranormal 4 soa repetitivo em alguns momentos, mas, como de praxe na franquia, termina com um final impactante e frenético. Até certo ponto, é basicamente “mais do mesmo”, com algumas novas ideias, performances agradáveis e uma dose razoável de nova mitologia pra instigar os fãs. Sobretudo, o filme ainda funciona muito bem para o velho e básico “susto no apagar das luzes”.

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Inscreva-se no Canal

Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

It: A Coisa

It: A Coisa

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos: A Guerra

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Siga no Bloglovin’

Follow

Vem Com a Gente

Curta e Compartilhe

Aperte o Play

Nível Épico em Imagens