Filmes

A Saga Comic-Con: O Sonho de um Fã – Festival do Rio 2012

A Saga Comic-Con: O Sonho de um Fã

A Saga Comic-Con: O Sonho de um Fã

A Saga Comic-Con: O Sonho de um Fã

A Saga Comic-Con: O Sonho de um Fã

San Diego Comic-Con. Atualmente, sem dúvida, é um dos maiores acontecimentos sobre cultura pop do planeta, um evento que começou como uma simples feira de quadrinhos e hoje reúne tudo o que há de mais importante não só nos quadrinhos, mas também no cinema e na televisão. Acima de tudo, a San Diego Comic-Con é a Meca dos Nerds!

É certo que um evento desse porte tem milhares de problemas, como o fedor que certamente infesta o lugar por causa da aglutinação de pessoas durante os quatro dias de convenção, ou o tempo que se gasta numa fila pra fazer qualquer coisa, ou o preço exorbitante pra comprar coisas lá dentro — que certamente ainda é bem mais barato do que seria pra comprar as mesmas coisas aqui no Brasil. Mas os próprios realizadores e convidados tiram sarro desses problemas aqui, porque esse documentário não é sobre o físico da Comic-Con; é sobre a alma, sobre as esperanças e sonhos que fundamentam a vida de cada nerd, sobre o espírito quase infantil que nunca morre e nos faz ser apaixonados por todas essas maravilhas que nos fazem mais nerds a cada dia. Porque ser nerd é ter paixão!

A Saga Comic-Con: O Sonho de um Fã (Comic-Con Episode IV: A Fan’s Hope, EUA, 2011) é isso: um filme apaixonado feito por pessoas apaixonadas para pessoas apaixonadas — pela cultura pop. Originalmente conhecida como San Diego Convention Comic Book, a hoje amplamente conhecida Comic-Con, atrai todo ano centenas de milhares de fãs de quadrinhos, cinema, fantasia, ficção etc. para o centro de convenções que abriga nerds de todos os cantos partilhando das mesmas paixões e da mesma cultura — que por tanto tempo foi marginalizada, mas hoje ganha cada vez mais adeptos e respeito.

Morgan Spurlock apresenta num documentário bem amarrado e divertido os vários ângulos desse lugar que é tanto um reduto para os rebeldes da galáxia quanto uma Estrela da Morte. Assim, acompanhamos diversos aspectos da convenção através de um grupo diversificado de pessoas relacionadas à cultura pop, desde aqueles que criam até aqueles que consomem.

Pra dar o gostinho exato de nerdice, Spurlock acrescenta depoimentos entusiasmados de nomes ilustres como Joss Whedon, Harry Knowles e Stan Lee — que também são produtores executivos do filme — e outros frequentadores de destaque, como Seth Rogen, Eli Roth, Edgar Wright, Guillermo del Toro e Kevin Smith. Destaques para as sempre carismáticas aparições de Stan Lee e a divagação impagável de Kevin Smith sobre o que falaria se voltasse ao passado e encontrasse a si mesmo com 11 anos de idade.

No lado dos fãs, estão dois aspirantes à ilustradores com perfis completamente diferentes: um, filho de fãs de Star Trek que têm um bar temático; outro, um ex-militar que desenha um Hulk de tirar o chapéu. Vemos também uma figurinista que produz cosplays ESPETACULARES e detalhadas do game Mass Effect (incluindo uma cabeça de monstro animatrônica muito legal); um negociante de quadrinhos tentando superar os problemas de seu negócio para não ter que vender sua edição nº 1 raríssima da revista Red Raven (parte que coloca em voga as deficiências cada vez maiores do mercado de quadrinhos); e um jovem nerd ansioso para pedir sua namorada em casamento durante o painel do Kevin Smith (com direito a um anel especialmente feito com motivos de O Senhor dos Anéis pra dar a garota).

Abro aqui um adendo rápido pra falar desse pobre nerd e seu pedido de casamento. A cena do pedido é bonita e emocionante, especialmente divertida por causa da “participação especial” de Kevin Smith. Mas, sério, tenho pena desse moleque. Que namorada CHATA!

Claro que o gesto corajoso enaltece ainda mais a qualidade heroica presente na Comic-Con — afinal, este é um evento que nasceu da paixão aos quadrinhos de super-heróis. A cena do pedido de casamento é a representação máxima de todas as emoções normalmente envolvidas no documentário e na Comic-Con em si. Cada fã acompanhado por esse documentário é um herói a sua maneira, tentando superar os obstáculos para alcançar seus sonhos e objetivos.

A Saga Comic-Con: O Sonho de um Fã é basicamente uma viagem apaixonada e divertida sobre a convenção, uma homenagem aos fanboys e fangirls que todos os anos correm entusiasmados para aquele lugar fantástico onde deuses e mortais se reúnem — onde sonhos se materializam.

A Saga Comic-Con: O Sonho de um Fã (Comic-Con Episode IV: A Fan’s Hope)

De Morgan Spurlock.

Com Eli Roth, Seth Rogen, Kevin Smith, Frank Miller, Stan Lee.

Estados Unidos, 2011. 86 minutos.

Mostra Midnight Movies

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Nível Épico em Imagens

Facebook

Google Plus