Cinema

Flores do Oriente

Nível Ínfimo

Flores do Oriente

Flores do Oriente

Flores do Oriente

Flores do Oriente

Muito se promete e pouco se cumpre em Flores do Oriente (Jin Líng Shí San Chai, ou The Flowers of War, 2011), novo filme de Zhang Yimou, o diretor de Herói e O Clã das Adagas Voadoras.

O Massacre de Nanking, também conhecido como o Estupro de Nanking, foi um crime de guerra cometido por tropas japonesas durante a segunda guerra Sino-Japonesa, em 13 de Dezembro de 1937. Testemunhas históricas afirmam que entre 250 e 300 mil pessoas foram mortas durante o incidente, enquanto cerca de 20 mil mulheres (incluindo crianças e idosos) foram estupradas, ainda que uma estimativa precisa nunca tenha sido possível.

Flores do Oriente narra a história de John Miller (Christian Bale), um agente funerário que vai à China para transportar o recém-falecido padre de um convento, mas acidentalmente cai no meio da invasão. Ele encontra refúgio num convento que está repleto de meninas e prostitutas que logo se veem nas mãos das tropas japonesas que matam e estupram todas que encontram pela frente. Ele então decide ficar por lá e proteger as mulheres.

Acostumado a fazer épicos fantásticos em grande escala, Zhang Yimou utiliza das mesmas técnicas de seus outros longas para compor Flores do Oriente, o que não foi nada bom. O filme inteiro é fora do tom. Há excesso de barulho, excesso de cor, excesso de estilo, excesso de gritaria, excesso choradeira, excesso de violência (o que num filme de guerra não seria negativo, mas neste caso é) e excesso de drama (que por fim se torna melodrama).

Nada no filme realmente funciona. Os personagens são arquétipos: enquanto de um lado temos os heroicos soldados chineses que permaneceram em Nanking e sacrificaram suas vidas para salvar os civis inocentes, do outro temos os selvagens japoneses, que matam, estupram e torturam sem qualquer senso de humanidade ou inteligência. Ainda que muitos dos acontecimentos descritos no filme sejam de origem histórica, na composição geral eles parecem propagandísticos.

O personagem de Christian Bale também não faz muito sentido. Miller começa o filme como o perfeito cafajeste: um homem sem escrúpulos, ética ou moral, um bêbado arruaceiro que está mais interessado no que as prostitutas têm a oferecer do que em proteger as crianças do convento. Entretanto, quando as tropas japonesas invadem o local, Miller milagrosamente se transforma em um herói, numa transição abrupta, carente de desenvolvimento e aprofundamento.

Yimou mescla a brutalidade do massacre de Nanking com o sex appeal proporcionado pela personagem de Yu Mo, (interpretada pela bela Ni Ni) por quem Miller eventualmente se apaixona. Não apenas os dois extremos não se ajudam, como o cineasta se esquece de que quanto menos se mostra, mais se diz.

O que não falta a Flores do Oriente, entretanto, é valor de produção. O filme é de encher os olhos e os ouvidos, com a belíssima fotografia de Xiaoding Zhao e a trilha sonora de Qigang Zhen, que introduz solos de violino de Joshua Bell em sua melhor participação numa trilha sonora para cinema desde sua colaboração com o compositor James Newton Howard em Um Ato de Liberdade.

Mesmo assim pouco se salva da obra em geral. Os personagens são superficiais e suas relações pouco desenvolvidas. Zhang Yimou provou com este filme a dificuldade para filmar filmes de guerra, por cruzar a linha que separa o drama do melodrama mais vezes do que o material permitia.

Flores do Oriente é uma força potência. Um filme que contava com um ótimo elenco, uma boa história e um grande orçamento. O que lhe faltou, entretanto, foi alguém hábil o bastante para conduzi-lo. Poderia ter sido ótimo, mas não foi. E existem poucas coisas piores no cinema do que pensar no que um filme foi e no que ele poderia ter sido.



Compartilhe este Post

Posts Relacionados



Inscreva-se no Canal

Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

It: A Coisa

It: A Coisa

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos: A Guerra

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Siga no Bloglovin’

Follow

Vem Com a Gente

Curta e Compartilhe

Aperte o Play

Nível Épico em Imagens