Filmes

Os Vingadores com SPOILERS

Os Vingadores

Finalmente, podemos gritar para o mundo Os Vingadores É FANTASTICAMENTE SENSACIONAL! A epicidade em forma de filme de super-heróis!

Sim, é tudo aquilo que você, eu e o universo esperávamos… e mais um pouco. Na verdade, mais UM MUITO!

Mas, ATENÇÃO! Este texto contém TODOS OS SPOILERS DO MUNDO sobre o enredo do filme. Se você não quiser saber detalhes cruciais sobre Os Vingadores, pare agora e vá ler o texto sem spoilers. Volte depois de ver o filme. Agora, se não importa pra você ler spoilers ou sua curiosidade é maior do que o bom-senso, continue por sua conta e risco!

A guerra já começou. Esta é a premissa básica de Os Vingadores (The Avengers). Como muitos de vocês certamente sabem, o deus asgardiano Loki é o grande inimigo do filme. E ele não está sozinho. O vilão fez um acordo com forças ocultas do espaço e conseguiu um exército alienígena todo só pra ele.

Não são Skrulls, nem Krees, nem Badoons. São os Chitauris. E vou falar mais deles adiante.

Porém, ele ainda precisa abrir um portal que permita aos alienígenas invadirem a Terra. Então, o deus vem para o nosso mundo, rouba o Cubo Cósmico da S.H.I.E.L.D. e começa a guerra contra os grandes heróis do planeta.

Por fim, Loki consegue trazer seu exército para o nosso mundo e mostra todo o seu poder. Os alienígenas são muitos, têm armas poderosas, naves voadoras munidas com potentes raios lasers e uma serpente gigante de metal que dá trabalho — MUITO TRABALHO. Para as pessoas normais não resta esperanças. Mas existem os heróis. Os maiores da Terra.

Os Vingadores começa basicamente numa espécie de prelúdio que mostra a barganha entre Loki e o líder do exército alienígena. Pouco é mostrado sobre os aliens aqui. E logo o foco muda para a Terra, numa base da S.H.I.E.L.D. onde o Cubo Cósmico está sendo pesquisado. Então, de repente, a base é invadida por Loki e voa pelos ares. Essa é uma introdução geral da história, apresentada antes mesmo do título do filme aparecer.

Não há nada pequeno ou simplório neste filme e isso fica claro no início. A grandiosidade só aumenta com o decorrer da trama e à medida que os heróis vão aparecendo.

GRANDIOSIDADE é a palavra-chave em Os Vingadores. Tenha certeza disso!

E o melhor de tudo é que o diretor Joss Whedon conseguiu criar seus personagens com base naquilo que conhecemos sobre eles no Universo Marvel, integrando-os ao cenário que foi criado anteriormente no cinema. Para fãs assíduos dos quadrinhos, é um festival de detalhes e referências que vai agradar àqueles que cresceram lendo as histórias destes heróis. É como ver aquilo que lemos a vida inteira, finalmente, ganhar movimento, existir de verdade. Porém, Whedon conseguiu também criar um universo compreensível para aqueles que não conhecem os quadrinhos e apenas acompanharam a trajetória dos personagens pelos filmes solos de cada um. Nós vemos os heróis atuarem como nos quadrinhos e também como as figuras criadas nas telonas. Nós reconhecemos cada um, torcemos por cada um… e nos apaixonamos pela Viúva Negra e pela Maria Hill! ;*

Mas, devo dizer, há uma cena pós-créditos, como em todos os outros filmes, que é DE EXPLODIR CABEÇAS!

Porém, certamente, os fãs vão entender melhor a referência da cena final. Os fãs vão reconhecer o vilão que dá as caras no último momento. E é foda. É do caralho. Você provavelmente vai urrar no cinema como eu… putaquepariu É O THANOS! \o/

Ele vai ser o vilão de Os Vingadores 2! FUCK YEAH!

Voltando, a S.H.I.E.L.D. começa a corrida contra o tempo contra o tempo e o inimigo asgardiano e convoca seus heróis para a missão. E fica evidente que cada um destes heróis enfrentou ameaças individuais em seus próprios filmes. Mas, agora, aquela nova ameaça precisava ser combatida por todos eles… juntos! Afinal, os aliens são liderados por um deus enlouquecido e têm UMA PORRA DE UMA SERPENTE GIGANTE VOADORA DE METAL!

Thor e Capitão América

O filme solo do Thor parece ser o mais imprescindível no quesito história pregressa. Depois de ver Os Vingadores, fica a certeza de que Thor foi um grande prólogo para este filme. Isso explica, talvez, por que a história de Thor era mais morna, épica visualmente, mas contida em termos narrativos.

E o deus do trovão está lá, firme e forte como sempre, vindo direto de Asgard para capturar seu irmão Loki e recuperar o Cubo Cósmico.

Interpretado por Chris Hemsworth, Thor, no entanto, não está somente tentando impedir o irmão, está tentando secretamente protegê-lo. E até ele, carrancudo como sempre, tem boas tiradas no filme por causa disso — espere até ver o grandão louro dizendo que Loki é adotado… é pra rir alto!

A motivação do Thor é muito mais pessoal nesse filme. De todos, ele é o que menos tinha ligação com os Vingadores, mas acabou sendo arrastado para a guerra pelas circunstâncias. É uma abordagem interessante, uma vez que coloca o personagem mais brucutu numa situação mais compassiva, diferente do aspecto belicoso mostrado no filme solo dele. Thor tem suas frustrações com o irmão, mas também acredita ser o único que pode puni-lo pelos crimes que cometeu. Ele não tolera interferência de outros e é justamente isso que coloca o deus no caminho dos Vingadores, inicialmente de forma nada amistosa e depois como um de seus principais integrantes.

Porém, Thor não foi o único prólogo. Capitão América – O Primeiro Vingador é também um grande prólogo. Muito acerca do Cubo Cósmico foi apresentado no filme solo do herói. Além disso, o Capitão América assume aqui o papel de líder de um exército de seis combatentes contra um exército de centenas de aliens. E a capacidade militar dele torna-se muito importante nessa hora.

Interpretado por Chris Evans, o Steve Rogers que vemos em Os Vingadores é um cara mais soturno, mais cínico após o despertar no tempo presente, não é aquele mesmo sujeito invariavelmente abnegado que conhecemos na Segunda Guerra Mundial. O Capitão América aqui está tentando se reconciliar com o mundo moderno, se recuperar do choque de ter perdido as pessoas que amava, de estar vivendo num mundo completamente diferente. Ele vive solitário, mas EU VI um olhar de relance da Maria Hill que me deixou intrigado. Talvez em filmes futuros role alguma coisa entre eles. Quem sabe?!

O fato é que para o Capitão América, os Vingadores tornam-se uma espécie de chance de reintegração. Isso se torna ainda mais evidente quando ele salva um grupo de pessoas dos aliens durante o confronto final e uma mulher loira olha para ele com gratidão. No final, quando a mesma mulher aparece na televisão agradecendo o Capitão América, vemos ali que o herói, enfim, encontrou seu lugar. O momento em que Nick Fury requisita a ajuda do Super Soldado é o momento que ele veste novamente o escudo e assume sua posição como o Primeiro Vingador.

Homem de Ferro e Hulk

Tony Stark é a peça mais importante deste longa. Na verdade, ele é a engrenagem mais quebrada do conjunto e, ainda assim, é a que mais produz movimento e atrito. Ele está em todas, é responsável pelos momentos mais engraçados e participa da maioria das cenas de ação. Muito da história é centralizado nele. Justo, já que foi o Homem de Ferro que começou a mover todas estas peças lá em 2008, quando estreou o seu primeiro filme. Mais justo ainda se levarmos em conta que ele é o único que já possui dois filmes solos, tendo Homem de Ferro 2 estreado em 2010.

Interpretado com perfeição por Robert Downey Jr., Stark continua sendo um gênio excêntrico, um bilionário, um playboy, um filantropo, e um tremendo fanfarrão! Ele aceita se juntar aos Vingadores com relutância, mas o faz incentivado por sua secretária/sócia/mulher Pepper Potts. O Ferroso tem tanta moral que é o único cujo par romântico aparece no filme, o que garante o retorno de Gwyneth Paltrow — com um shortinho triunfante! E PÕE TRIUNFO NISSO! *.*

Os Vingadores é muito sobre Tony Stark, enfim, assumindo sua responsabilidade de ser um herói. Mas, não se engane, você ainda vai ver Tony Stark… sendo Tony Stark.

Thor, Capitão América e Homem de Ferro são — e sempre foram desde os primórdios dos quadrinhos — os elementos principais do grupo.

MAS NÓS TEMOS O HULK!

Interpretado por Mark Ruffalo, Bruce Banner não deseja realmente se juntar aos Vingadores, por causa de seu passado e do medo geral que inspira seu outro lado. Banner é o pária entre os párias. Ele é o cara mais bem-educado e a bomba relógio sempre prestes a explodir de fúria. Ninguém quer vê-lo nervoso, exceto o Homem de Ferro, que vê o lado verde do aliado como uma vantagem. Aliás, a dinâmica entre Banner e Stark é impressionante e divertida. Ambos são parecidos em capacidade intelectual e ambos lutam contra um lado negativo que tenta consumi-los. É uma relação curiosa que culmina em cenas antológicas, como quando o Hulk pega o Homem de Ferro no ar enquanto herói robótico cai do céu.

É a melhor representação do Gigante Esmeralda nos cinemas até agora. Finalmente, temos um verdão mais parecido com aquele dos quadrinhos. Furioso, porém com algum domínio sobre esta fúria. Deixaram o Hulk ser o Hulk, pra adorarmos, ovacionarmos com gosto! HULK ESMAGA!

Aliás, uma das coisas mais sensacionais é que respeitaram uma das maiores regras de ouro dos super-heróis nos quadrinhos. O primeiro encontro entre dois super-heróis sempre termina em porradaria! É aquela velha premissa: “bata primeiro, pergunte depois”. Não é diferente no filme. Os heróis se encontram e caem na porrada.

Nada como causar confusão entre seres super-poderosos. Nos quadrinhos sempre serviu como um recurso narrativo óbvio para fazer os fãs discutirem sobre qual herói venceria numa luta um contra o outro. Mas no cinema, é a primeira vez que temos a chance de ver vários heróis reunidos numa só história. Os Vingadores veio pra fazer bonito. E, naturalmente, não decepcionou nessa regra também. Porque PUTAQUEPARIU… Capitão América, Thor e Homem de Ferro quebrando o pau na floresta… podia ser só isso… e eu já seria feliz pra sempre! Mas não é… porque tem também o Thor contra o Hulk… E AÍ A PORRA FICA SÉRIA! \o/

Viúva Negra e Gavião Arqueiro

A Viúva Negra e o Gavião Arqueiro surgem como membros da S.H.I.E.L.D. e, com o filme, têm sua participação intensificada no Universo Marvel das telonas, pois, enfim, encontram seus lugares junto aos heróis mais altivos.

Interpretado por Jeremy Renner, Clint Barton é um dos humanos “normais” dos Vingadores. Naturalmente, ele não conta com muitas linhas de diálogo no roteiro. O Gavião foi feito pra ação e está ali especificamente para isso. Os Vingadores, na verdade, serve como uma boa introdução para o personagem no mundo cinematográfico, já que a aparição dele em Thor foi quase tão rápida quanto uma flecha.

Natasha Romanoff, a Viúva Negra, é a super-espiã que conhecemos no filme Homem de Ferro 2. É possivelmente a assassina mais habilidosa do mundo.

Interpretada pela gloriosa Scarlett Johansson, a espiã é, sem dúvida, uma das grandes revelações do Universo Marvel no cinema. Thor tem o martelo, Homem de Ferro tem a armadura, Capitão América tem o escudo, Gavião tem o arco e flecha, e Hulk tem a força bruta. A Viúva Negra tem armas… MUITAS ARMAS! Ela é uma máquina de matar, fria e impiedosa. Ela é amada, adorada, idolatrada. SIM!

Na dupla de humanos “normais” da super-equipe, a Viúva Negra é quem ganha o maior destaque. Se ela rouba a cena até dos pesos pesados, coitado do Gavião Arqueiro. Mas aos dois é reservada uma relação de proximidade que garante espaço maior para ambos no enredo. Ótima saída do roteiro para dar alguns contornos extras aos dois personagens menos representativos no grupo.

Por falar em contornos… Scarlett Johansson! Quem em sã consciência não daria destaque pra ela?! A ruiva (agora de cabelo curto) voltou mais porradeira, mais badass, mais ácida e MAIS GOSTOSA! E se você acha que ela é peixe pequeno no meio de hordas e mais hordas alienígenas… pense de novo! A Viúva Negra dá dentro com os aliens usando apenas duas pistolinhas e golpes desarmados de dar inveja em qualquer lutador de MMA. Ela é muito fodona! Agradeço a todos os envolvidos. E agradeço especialmente por todas aquelas curvas recheadas de vitória e collant negro em ângulos pra lá de ESPETACULARES!

Nick Fury e Maria Hill

Outra parte importante é o personagem Nick Fury, alguém que não tem super-poderes, mas é com certeza super-poderoso. Os Vingadores abre ainda mais espaço para o personagem, que já pode ganhar seu filme solo depois disso. Fury tem aparecido em todos os outros longas do Universo Marvel. É o elo entre todas as outras peças da trama e funciona essencialmente como um capataz… ele é o mais badass mothafucker ali… e ele é o Samuel L. Jackson! Tenha respeito por isso! O cara é uma lenda viva e tem papel fundamental na Iniciativa Vingadores.

E ele não está sozinho. Fury é seguido de perto por duas figuras importantes: sua inseparável lugar-tenente Maria Hill… que surge interpretada por aquela linda da Colbie Smulders e é tão fodona quanto nos quadrinhos; e seus olhos-e-ouvidos Agente Coulson, do nosso amigo Clark Gregg, que continua sendo um dos personagens mais ÉPICOS E CARISMÁTICOS da Marvel nos cinemas.

Mas prepare-se porque o Agente Coulson vai fazer você chorar no filme. O personagem mais querido de todos serve como motivação decisiva para que os heróis decidam finalmente se juntar como Os Vingadores. E a motivação é até simples: VINGANÇA. Sim, o Agente Coulson morre! SIM, FIQUEI PUTO… o Joss Whedon não teve pena de matar um dos personagens mais queridos da franquia! Foi triste pra caralho! Mas tenho que admitir que a morte dele tornou tudo ainda mais épico. E eu já devia esperar por isso, porque o Whedon adora matar aqueles personagens que todo mundo gosta.

De qualquer maneira, tenho fé que o Agente Coulson não morreu. Acredito firmemente que ele vai voltar, até porque o ator Clark Gregg estava em negociações para aparecer em Homem de Ferro 3. Naturalmente, considerando os eventos deste filme, a volta dele pode não rolar. Mas, vou abrir um sorrisão se acontecer.

A Maria Hill aparece pouco, mas o suficiente pra mostrar o poder da personagem. Nos quadrinhos, ela é uma mulher de personalidade forte, quase uma força da natureza, tão imponente como o Nick Fury. Naturalmente, muitos não gostam dela por causa disso. Ela é tão foda que assume o comando da S.H.I.E.L.D. após os eventos da Guerra Secreta, quando um plano de Nick Fury dá errado e ele é destituído do cargo.

Hill é uma personagem importante para a S.H.I.E.L.D. e acho que merece destaque em futuros filmes, não só dos Vingadores, mas de outros heróis também, onde ela provavelmente terá mais chance de sobressair — como eu disse antes, Capitão América está disponível! Atualmente, nos quadrinhos, ela é membro dos Vingadores, logo, eu posso sonhar em ver a Colbie Smulders e Scarlett Johansson na porradaria juntas!

Chitauris

No caso dos alienígenas, muito se falou sobre eles serem Skrulls, Krees ou até mesmo Badoons — eu mesmo especulei pra caramba. Todas são raças alienígenas do Universo Marvel ligadas ao Quarteto Fantástico. Logo, é fácil pressupor que os direitos destes aliens estejam nas mãos da Fox, que detém os direitos sobre o Quarteto Fantástico. Porém, até onde eu sei, a verdade é que a Marvel Studios possui os direitos sobre os Skrulls, mas a Fox possui o Super-Skrull, um membro da raça que consegue utilizar os poderes de todos os heróis do Quarteto Fantástico — conceito que foi adaptado no segundo filme da equipe quando o Tocha Humana adquire os poderes de seus companheiros.

No caso, esse problema de direitos ainda seria restrito aos Skrulls e aos Kree. Os Badoons têm ligação com estas duas raças no Universo Marvel, mas nunca teve muita representatividade. Sendo assim, era uma opção viável e eu acreditava que os Badoons seriam os aliens do filme.

Mas a Marvel encontrou outra solução — uma bastante sagaz, devo dizer. Boa parte da atmosfera dos filmes da Marvel Studios, incluindo Os Vingadores, é inspirada no Universo Ultimate, uma versão alternativa dos quadrinhos da editora que reinventou e atualizou o cenário e os heróis, começando toda a história do zero. O Nick Fury negão que aparece nos filmes, por exemplo, veio direto do Universo Ultimate. O Nick Fury original era caucasiano e com cabelos grisalhos. Logo, se já estavam usando recursos do Universo Ultimate, porque não aproveitar mais um pouco?!

A solução genial foi usar os Chitauris como o exército alienígena de Loki no filme. Pra esclarecer, os Chitauris surgiram no Universo Ultimate como versões dos Skrulls. Com o tempo, ganharam vida própria e se tornaram-se uma raça alienígena a parte, tanto que os Skrulls também acabaram ganhando suas versões no Ultimate, fazendo dos Chitauris uma raça única daquele universo. Isso deu a Marvel Studios uma forma de ter os Skrulls no filme sem realmente chamá-los de Skrulls. Saída de mestre!

O melhor é que, no futuro, se houver interesse, a Marvel ainda pode usar os Skrulls num filme com seus heróis. Claro que isso só vai ser realmente bom quando eles tiverem os direitos do Super-Skrull também. E se um dia adaptarem a saga Invasão Skrull pro cinema… vai ser do caralho!

Thanos

No fim, temos ainda uma revelação impactante… DE EXPLODIR CABEÇAS MESMO! Na cena pós-créditos, vemos de relance o vilão Thanos.

Aquele não é o Caveira Vermelha, do Capitão América!

THANOS é o possível inimigo para o segundo filme com Os Vingadores. A participação do personagem já era especulada desde o filme Thor, por causa da aparição rápida da Manopla do Infinito dentro os itens guardados por Odin.

Nos quadrinhos, Thanos é conhecido por ser um tirano que tenta a todo custo destruir o universo em nome de sua veneração à morte. A Manopla do Infinito é uma arma que concede o poder de um deus para o usuário, com a qual Thanos quase apagou o universo. Durante a Saga da Manopla do Inifinto, o vilão foi combatido por vários heróis, incluindo os Vingadores.

Ou seja, a Saga da Manopla do Infinito deve servir de inspiração para o novo arco que a Marvel Studios vai criar no cinema a partir de agora. Pois uma vez que o caminho para Os Vingadores está terminado, inicia-se um novo caminho, com novos filmes dos super-heróis e também novos heróis, tudo rumo a Os Vingadores 2.

A Saga da Manopla do Infinito, aliás, já rendeu um jogo de videogame chamado Marvel Super Heroes, desenvolvido pela Capcom em 1995 — que eu joguei muito no fliperama quando era mais novo! Foi esse game que inspirou a criação de X-Men Versus Street Fighter, que evoluiu com os anos e chegou até o atual Marvel Versus Capcom.

Loki

Quanto aos vilões, Loki é o cara!

Isso mesmo… às vezes é inevitável e você acaba torcendo pra ele. Em Thor, Tom Hiddleston foi excepcional como o deus atormentado de Asgard. Mas em Os Vingadores, Loki manda, sempre com um sorriso torto nos lábios! Ele é cínico, mas carismático, de um jeito diferente do Tony Stark. E quando os dois interagem é de chorar!

Loki é, na verdade, um personagem confuso, que luta para provar seu valor, uma vez que perdeu sua realeza divina quando descobriu que era filho de Laufey, Rei dos Gigantes de Gelo, e não de Odin. Ele vê a verdade na dominação e acredita que se não pode ser rei em Asgard, o será na Terra. Nos quadrinhos, ele foi responsável pela primeira reunião dos Vingadores, história que foi usada como base para a criação do filme. Nela, o deus incita o Hulk contra os Vingadores. Logo, visualiza.

Sim, pode esperar ver o Loki atiçando o Hulk no filme. Melhor ainda, depois disso, você vai ter a oportunidade ímpar de ver o Hulk dando o troco… usando o Loki de vassoura pra espanar o chão… DA FORMA MAIS FODA DE TODAS!

Enfim, a Marvel acertou em cheio na proposta. Trabalhou durante quatro anos com vigor, superou percalços e obstáculos, trabalhou seus mais icônicos personagens separadamente e, por fim, juntou todos. Os Vingadores é uma grande festa cinematográfica, explosiva para os olhos e dotado do que há de melhor em recursos visuais e tecnológicos, com muita pirotecnia, martelos trovejantes, raios gama, rajadas de energia refletidas em escudos, ação aérea, estilização high-tech e cenas de arrancar o fôlego. O que há de melhor no mundo atual foi usado em prol desta trama que uniu grandes heróis naquilo que posso seguramente descrever como um ÉPICO CONTEMPORÂNEO!

Mais do que isso, Os Vingadores é uma epopeia repleta de grandes heróis, que são igualmente cheios de defeitos e qualidades, que erram e acertam. Eles são heróis mitológicos e tecnológicos, vilões místicos e alienígenas. Numa mistura organizada com primor, Os Vingadores trouxe para as telonas algo que parecia ser improvável: uma narrativa heroica digna dos grandes clássicos da fantasia adaptada ao mundo moderno, revestida com pura cultura pop. E, ainda assim, todos os elementos de um épico estão lá, representados pelos heróis e suas jornadas, separados, juntos, poderosos. Eles são, sim, os maiores heróis da Terra. Mas, agora, são também OS MAIORES HERÓIS DO CINEMA!

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



  • Sidonio

    Devo parabenizá-lo pelo brilhante trabalho, Alan. Você imprime conhecimento sem arrogância, empolgação sem oba-oba, aprovação sem babação e competência no trato com língua portuguesa.
    Parabéns, cara. Quando o assunto é cinema, você é minha referência.
    Estou muito contente com a qualidade que venho encontrando em suas resenhas e críticas.
    Abraço.

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Obrigado, Sidônio! Fico MUITO feliz com isso! :-D

  • http://investimentofutebolreview.wordpress.com Rodrigo

    O grande dilema: Ler, ou não Ler? Eis a—— (Para com esse tom shakesperiano!!!)
    Resolvido meu conflito interno… voltemos ao comentário:
    A ansiedade para ver o filme é tão grande que acho que vou ler. Seja o que os deuses de Asgard quiserem.

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Eu entendo seu dilema…hahaha… mas se por um acaso você ainda não tiver lido, você pode ler a versão sem spoilers (pra não estragar nenhuma surpresa) e depois que ver o filme volta aqui e lê os spoilers. ;-)

  • http://www.facebook.com/paulohenriqueb Paulo Henrique Baía

    Não aguentei a curiosidade e li com spoilers mesmo!!! Gostei muito de tudo que tu escrevestes a respeito do filme. Meu amigo eu não to aguentando a espera, aqui na minha cidade ingresso só pra quarta feira, vou apelar pros torrents da vida com imagem ruim. depois me deleito com a imagem em 3d na quarta feira. Um grande abraço!!!!

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Huahaha… eu entendo a sua aflição. Mas um conselho que eu dou… resista bravamente até quarta. Vai por mim. Ter a primeira experiência de Os Vingadores no cinema é outra coisa, é muito mais impressionante. É mais foda!
      Espera um pouquinho mais que você não vai se arrepender. ;-)
      E obrigado!

  • LoganX

    Eu acho que o Agente Coulson vai se transformar no “Visão” ele quando “morre” me lembrou na ora do personagem e detalhe o Nick Fury fala Pra Hill que eles precisavam de um “Incentivo” talvez ne esteja morto

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Também fiquei com a impressão de que o Agente Coulson não morreu por causa da conversa do Fury e da Hill.
      Mas tá aí… seria uma boa ideia trazê-lo de volta como o Visão. :-)

  • http://seitoshi.deviantart.com Seitoshi

    Eu assisti o filme na pré estréia, realmente é fantástico, o diretor realmente conseguiu dar ênfase em todos personagens até mesmo naqueles que nunca tiveram filme solo. Acredito q esse filme ainda vai dar muito o que falar, e quem sabe até um Oscar, realmente para mim, esse foi o melhor filme da Marvel que eu assisti até hoje, já estou na ânsia da sequencia!!!

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Até merece, mas acho difícil que o filme ganhe algum Oscar…rs… mas sim, é um dos melhores filmes de super-heróis já feitos. :-)

  • Tati

    O agente couson NÃO MORREU! ele aparece no fim do filme com um casaco branco com o simbolo do capital américa!

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Dei uma boa olhada no cara de casaco branco no final e não é o Agente Coulson, é só parecido. Além disso, o cara de branco aparece na TV, no meio da cidade destruída, enquanto uma pessoa tava dando entrevista. Não tinha como o Coulson estar ali.
      Acho que só vamos saber definitivamente o que aconteceu com o Coulson nos próximos filmes da Marvel.

      • Joao Paulo

        Esse cara de casaco branco é o que esbarra na Hill, bem no final do filme? Porque esse cara que esbarra nela parece muito com o agente Coulson.

        • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

          Bem, o homem que aparece de blusa branca com escudo do Capitão América aparece na TV numa entrevista e não é o Coulson.
          Mas esse que esbarrou na Maria Hill que você tá falando, eu não reparei. Na próxima vez, vou reparar melhor nessa cena. ;-)

          • Joao Paulo

            Tô até querendo ver pela 3ª vez só pra reparar se é ele ou não. kkk. É bem depois que ela conversa com o Nick sobre os cards e sai andando (na verdade, desfilando).

        • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

          Eu devo ver de novo no fim de semana. Vou reparar nessa cena pra ver se é ele.
          Claro, se aquela linda da Maria Hill não me desconcentrar desfilando! :-)

          • Joao Paulo

            E outra. Quem era o carinha do jatinho que soltou a bomba contra a cidade?

        • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

          Era só um cara mesmo. Um coadjuvante qualquer que tava ali pra pilotar o jato e disparar o míssil… assim como o outro piloto tava lá só pro Hulk segurar ele durante a ejeção e arremessar ele no ar só pela farra…hahaha :-)

          • Joao Paulo

            Hum. Suspeitei que Coulson já teria previsto o que aconteceria e soltou o míssil. kkk. Sei lá, do jeito apareceu o carinha.

  • Tati

    Coulson*

  • Cris Deschain

    Amigo, eu tb acho que o agente não morreu e tem fortes indícios pra isso.

    Um, a Hill, sacou e lembrou para o Nick Fury que as cards do agente não estavam no bolso dele, e sim em seu armário.

    E a segunda, eu acho que o Stark saca isso tb, na cena que ele conversa com o capitão, e ve a mancha de sangue onde estaria o corpo.

    Não sei, pra mim, o fato do Fury ter “montado” o esquema das cartas sujas dfe sangue, leva a crer que o Coulson não morreu.

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Também acho que foi uma jogada do Fury pra unir os Vingadores e que ele pode estar vivo. Talvez tenham deixado no ar pra manter um mistério pros próximos filmes. Provavelmente, nos futuros filmes da Marvel teremos mais certeza sobre o destino do personagem.

  • Felipe

    Meu amigo, acabei de chegar do cinema… são 3 da matina (peguei a sessão de 23:45…), e estou ainda elétrico com o filme… e o melhor, querendo mais!!!
    Não vou escrever muito, até porque é de madrugada e preciso dormir, mas só preciso dizer uma coisa: A melhor cena de porrada que eu já vi em um filme de super-herói foi a do Hulk cravando o Loki no chão.
    Ah.. e você hulk.. ESMAGA!!!

    • Marcos A. Santos

      cara eu também cheguei em casa lá pras 3 da madruga. valeu cada segundo do filme, as 5 horas que esperei pra começar a sessão. já que 3 das 4 já haviam esgotado em poucos minutos,

      e o Hulk foi realmente o Incrível Hulk dos gibis que eu lia, o/ fora o 3d que ficou show, confesso que em algumas cenas eu até desviava das coisas. Haha

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Hulk espanando o chão com o Loki… SÓ VITÓRIA! o/
      NÓS TEMOS O HULK! :-D

  • alessandro

    Pow cara parabéns , isso ajuda pra quem assistiu o filme mas naum entendeu algumas partes. O filme éé muito foda todoo mundo sou fã da marvel éé seu agoraa kkk’s ..Vlw.

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Obrigado! :-D

  • Gregory

    Eu também o parabenizo pelo texto.Show de bola.Dez!Tanto esse como o outro que li anteriormente.

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Obrigado! :-)

  • Marcos A. Santos

    cara esse foi o melhor spoiler que vi.

    eu assisti o filme ontem, e estou seriamente pensando em ir ver nesse proximo fim de semana.

    e cara o cinema que eu vi peidou na farofa numa das melhores cenas do filme. no final assim que o filme acaba eles jah acendem as luzes o que prejudica a visualização das cenas, e como eh de lei sempre fico até o final pra ver os extras, mas mesmo assim na hora que começou o final eu fiquei louco, qdo vi quem era. eu realmente deu um grito PQP eh o THANOS ! quem estava perto achou que eu era retardado, logo se via que ninguem havia lido um unico gibi.

    bom mas isso não afetou a felicidade que fiquei. esse sim foi o melhor filme da atualidade.

    e parabens pelo texto, o/

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Huahahaha… minha reação foi parecida. Quando o Thanos apareceu, soltei um PUTAQUEPARIU! alto na sala. E não fui o único… meus amigos me acompanharam no frenesi. Quem não conhece fica sem saber mesmo. Thanos é um vilão colocado ali para os fãs que conhecem a história dos Vingadores e da Marvel. :-)

  • Joao Paulo

    É simplesmente o Thanos, véi. Muito foda o texto. Parabéns, Alan. Será que The Avengers 2 sai em 2014 ou só em 2015?

    • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

      Vingadores 2 está previsto para abril de 2015.

      • Joao Paulo

        Putz. 3 anos é bastante coisa né. Mas e]tem que fazer os filmes individuais também né. Tipo Homem de Ferro 3 , Thor 2, Capitão Amércia 2. Enfim…

        • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

          Verdade. Mas, como você disse, vão ter o individuais. Homem de Ferro 3, Thor 2, Capitão América 2…
          E vamos ter ainda Homem-Formiga e talvez um filme da S.H.I.E.L.D., que teria a Viúva Negra e o Gavião Arqueiro. Talvez até um filme solo da Viúva Negra. :-)

          • Joao Paulo

            Seria bacana. *-*. Sem contar os outros filmes da carreira deles né, tipo Sherlock Holmes 3.

        • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

          Pode crer. Sherlock Holmes 3 já está até sendo escrito pelo Robert Downey Jr. e o Guy Ritchie. Temos muita coisa boa pela frente ainda. :-)

          • Joao Paulo

            Robert Downey Jr. num deve tá nadando nem um pouco na grana né. 3 filmes na mesma época tá de sacanagem comigo. kkkkkkk

        • http://www.nivelepico.com/ Alan Barcelos

          O cara é o Tony Stark. Ele pode! :-)

  • Pingback: Capitão América: Guerra Civil | Nível Épico()

Nível Épico em Imagens

Facebook

Google Plus