Música

Creedence Clearwater Revisited Deixa Fãs Animados em Show no Rio

Creedence Clearwater Revisited no Rio

O Rio de Janeiro recebeu no último domingo, dia 18, a banda Creedence Clearwater Revisited, fazendo o primeiro show de sua passagem pelo Brasil. Com apenas dois integrantes da formação original, o baixista Stu Cook e o baterista Doug Clifford, o grupo não deixou a desejar. Os fãs empolgaram-se ao som de músicas Born on the Bayou e Have You Ever Seen the Rain.

A banda, que conta também Steve Gunner (guitarra e teclados), Tal Morris (guitarra e vocal) e John Tristao (vocal, guitarra e gaita), relembrou os grandes sucessos dos álbuns do grupo: Recollection, de 1995 e The Best Of Creedence Clearwater Revisited, de 2006.

Foi um show para os antigos e os novos fãs do rock clássico das décadas passadas. A banda se mostrou muito carismática e conduziu bem o público que dançou e cantou a durante todo a apresentação, com Stu e Cook relembrando para o público grandes sucessos que marcaram época, como Susie Q, Lodi, Proud Mary, Down on the Corner, Fortunate Son e Who’ll Stop the Rain.

Stu e Doug podem não ter tido a intenção, mas o Creedence Clearwater Revisited acabou adquirindo vida própria. Os dois integrantes originais remanescentes do lendário grupo Creedence Clearwater Revival iniciaram o projeto Creedence Clearwater Revisited em 1995, com o objetivo de retomar os grandes clássicos que tinham ficado para trás com a versão original da banda.

Com o Revisited, no entanto, a dupla não esperava crescer tão rápido. Com o lançamento do álbum Recollection, em 1998, o trabalho parece que aumentou para eles, razão pela qual eles estão agora trazendo seus shows novamente para terras brasileiras (eles já vieram em 2006). O próprio Stu mostra-se surpreso — “Nós realmente nunca tivemos qualquer intenção de tocar para um público tão grande, mas um amigo queria promover alguns shows. Conversamos sobre o assunto, começamos a tocar e jamais imaginamos que essas poucas apresentações se tornariam tão grandiosas”.

O Recollection ficou tão popular que ainda ganhou um CD duplo ao vivo por causa do pedido dos fãs que iam aos shows. Em 2002, conquistou um disco de ouro e agora está bem perto de conseguir o de platina. A surpresa é que parte do público que tem impulsionado é formada por jovens, ou como disse Cosmo — “nem sequer eram nascidos quando as músicas foram lançadas”.

Isso me lembra que no filme Duro de Matar 4.0 tem uma ceninha que o John McClane discute gosto musical com o moleque hacker e cita Creedence. Vou até colocar aí embaixo um vídeo fanmade que fizeram com cenas do filme e a música Fortunate Son. Porque John McClane aprova! :-)

Sim, o Creedence Clearwater Revisited ainda vive entre a velha geração e ganha força entre a nova. O show do Rio foi um brinde a isso. Mas, a turnê brasileira ainda não acabou. Aguardem pelo show em Sampa no próximo domingo!

Setlist

1. Born on the Bayou

2. Green River

3. Lodi

4. Commotion

5. Who’ll Stop the Rain

6. Suzie Q

7. Hey Tonight

8. Long as I Can See the Light

9. Down on the Corner

10. Lookin’ Out my Back Door

11. Heard It Through the Grapevine

12. Midnight Special

13. Bad Moon

14. Proud Mary

15. Fortunate Son

16. Have You Ever Seen the Rain

17. Travelin’ Band

18. Molina

19. Cotton Fields

20. Up Around the Bend

Compartilhe este Post

Posts Relacionados



  • Escalzile Brandão

    Que pena……minha grana , não permitiu que eu fosse ao Rio.( agora )……mas! comprarei um som de 400watts RMS..e ouvirei em casa……ou trabalharei com muita dedicação, para ve-los nos Estados Unidos…..ELS NORTEARAMA MINHA VIDA MUSICAL E ATÉ DE COMPORTAMENTO…..

Nível Épico em Imagens

Facebook

Google Plus