Cinema

Reis e Ratos

Nível Heroico

Reis e Ratos

Reis e Ratos

Reis e Ratos

É notório que os cineastas brasileiros atuais estão tentando mudar o foco das histórias que transformam em filmes. Dois Coelhos surgiu no começo do ano mudando paradigmas. Reis e Ratos (2012) tem uma ideia parecida, mas com aspectos diferentes. É um filme bem peculiar. E, assim como Dois Coelhos, foi rodado com poucos recursos e aproveitando-se da criatividade para contar um momento da história do Brasil de forma bem-humorada.

A abordagem não se apega a fatos históricos verídicos, mas toma como pano de fundo o Rio de Janeiro no período anterior ao Golpe Militar de 64. O diretor Mauro Lima, de Meu Nome Não é Johnny, cria um ambiente fantasioso de conspiração onde estão inseridos o estranho agente americano Troy Somerset (Selton Mello), que vive no país, e o Major Esdras (Otávio Müller).

Como é comum em tramas sobre conspirações, o longa trata muito de questões de fidelidade, em todos os âmbitos. Troy é o principal peso nessa balança. Apesar de ser um agente da CIA, ele gosta do Brasil. Quando descobre a colaboração dos EUA para o golpe militar, o agente junta-se ao amigo major para impedir que aconteça. De outro lado, Troy é casado com a brasileira Leonor (Paula Burlamaqui), uma participação que também desperta questões no personagem sobre ser ou não ser fiel a conceitos, partidos, matrimônio, profissão. Todavia, no fim, Troy só deseja continuar fazendo seu trabalho tranquilo na calmaria brasileira.

Outra premissa por trás da história é o amor, representado por Amélia Castanho (Rafaela Mandelli), cujo sonho é encontrar o amor verdadeiro. Ao ser salva de uma explosão, o caminho dela cruza com o do locutor de rádio e médium nas horas vagas Hervê Gianini (Cauã Raymond). Amélia, no entanto, é arrastada para a conspiração pelo vigarista Roni Rato (Rodrigo Santoro), que trabalha secretamente para a dupla Troy e Esdras.

O enredo com toques de noir dá um clima especial para o cenário decadente da época, enquanto as cenas alternam entre paletas amareladas e em preto e branco de forma melancólica. Porém, não há aquela sensação constante de tragédia iminente comum ao noir. Reis e Ratos tenta levar as coisas na brincadeira. A femme fatale não é tão fatal. E os protagonistas são mais descontraídos, como se estivessem de férias — o que de fato é o objetivo de Troy, permanecer de férias para sempre. Uma prova disso são os diálogos sensacionais entre os personagens de Selton Mello e Otávio Müller, com falas rápidas e rocambolescas que divertem cada vez que os dois surgem em cena divagando sobre a vida, o universo e tudo mais.

Selton Mello, aliás, usa toda a sua habilidade vocal para fazer uma voz de taquara rachada semelhante às dublagens antigas de filmes policiais americanos. E Otávio Müller, com todo o talento que tem, acompanha sem deixar a peteca cair um instante. Mas a grande surpresa do longa é Rodrigo Santoro, que surge na tela irreconhecível e desprezível na pele do Roni Rato, algo digno de respeito para um galã como ele. A única que destoa é Rafaela Mandelli; cada vez que a menina entra em cena, a qualidade decai. Ela é muito fraquinha e parece atuar no piloto automático o tempo todo.

O filme tem seus problemas, especialmente no final, quando perde um pouco da veia cômico e tenta levar-se a sério demais. Não é algo, porém, que atrapalhe. Reis e Ratos tem valor principalmente por tentar trazer para o cinema uma nova visão sobre filmes de ditadura. Fãs deste tipo de narrativa poderão notar referências a filmes como Chinatown, Fargo, Los Angeles: Cidade Proibida, Queime Depois de Ler, Cães de Aluguel, entre outros. Mauro Lima soube como aproveitar-se das referências para construir sua história numa época decadente do Brasil.

Fico feliz por ver um resultado positivo que o cineasta obteve, afinal, espero ansioso pela adaptação cinematográfica do quadrinho Mesmo Delivery, do Rafael Grampá.



Compartilhe este Post

Posts Relacionados



  • Leandro Eiró

    Estou indo ver hoje. As histórias que remetem a Ditadura me interessam. Essa com humor na tônica despertou curiosidade.

Inscreva-se no Canal

Resenhas Populares

Rogue One: Uma História de Star Wars

Rogue One: Uma História de Star Wars

It: A Coisa

It: A Coisa

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos: A Guerra

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Raw

Raw

Siga no Bloglovin’

Follow

Vem Com a Gente

Curta e Compartilhe

Aperte o Play

Nível Épico em Imagens